Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

O Fórum contribui para o fortalecimento e para a dinamização das relações birregionais, uma vez que é o mais abrangente mecanismo de cooperação entre a Ásia do Leste e a América Latina. Congrega hoje 36 países: 20 da América Latina (Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Equador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Suriname, Uruguai e Venezuela) e 16 da Ásia do Leste (Brunei, Camboja, China, Singapura, Coreia do Sul, Filipinas, Indonésia, Japão, Laos, Malásia, Mongólia, Myanmar, Tailândia, Vietnã, Austrália e Nova Zelândia).

No plano institucional, o Fórum conta com três instâncias:

• Comitê de Ministros de Relações Exteriores: mantém reuniões bianuais;
• Comitê de Altos Funcionários: reúne-se anualmente; e
• Grupos de Trabalho: mantêm reuniões anuais nas seguintes áreas: Cooperação Sócio-política e Desenvolvimento Sustentável; Comércio, Investimento, Turismo e Pequenas e Médias Empresas; Cultura, Juventude, Gênero e Esportes; Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação;

Há também dois coordenadores-regionais, países eleitos nas reuniões ministeriais, responsáveis por sediar as reuniões de Chanceleres e de Altos Funcionários, além de orientar as propostas e atividades de cooperação.

Até o momento, o FOCALAL realizou oito reuniões de Ministros das Relações Exteriores – uma delas em Brasília, em 2007– e dezenove reuniões de Altos Funcionários, além de reuniões dos Grupos de Trabalho.

A 9ª reunião do Comitê de Ministros de Relações Exteriores do FOCALAL está prevista para realizar-se no segundo semestre de 2019, na República Dominicana.

Fim do conteúdo da página