Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

A diplomacia constitui ferramenta essencial na formulação

e execução de estratégias capazes de estimular a inovação tecnológica no Brasil e de contribuir ativamente para o crescimento econômico do país. O Programa de Diplomacia da Inovação (PDI) implementado pelo Itamaraty busca quebrar os estereótipos vinculados à imagem do Brasil no exterior e mostrar um País que produz conhecimento, produtos e serviços em setores da fronteira científica e que tem capacidade de ser referência mundial em certas tecnologias.

Para além do acompanhamento de políticas públicas, inserem-se nessa linha desde atividades que visam a elevar o perfil do Brasil junto aos ecossistemas estrangeiros de inovação, com vistas a identificar parcerias e atrair investimentos, apoiar a internacionalização de "startups", auxiliar na mobilização da diáspora científica brasileira no exterior e fomentar a colaboração entre parques tecnológicos brasileiros e estrangeiros.

Em 2017, o PDI apoiou a realização da 2ª Semana de Inovação Brasil-Suécia, em Estocolmo; do 1º Encontro da Diáspora Brasileira em C,T&I nos Estados Unidos, em Washington; do evento “Think Brazil” em inovação na área de saúde, em Londres; de seminário sobre minerais estratégicos, em Berlim; bem como a participação de startups brasileiras na feira BrasilTech, em Paris no ciclo de Paris do programa Startout Brasil.

Em 2018, destacaram-se o apoio aos ciclos de Berlim, Miami e Lisboa do programa Startout Brasil, a realização de missão de startups brasileiras à feira Agritech na Índia, apoio à missão da Anprotec a parques tecnológicos na China, seminário sobre saúde mental em Londres, seminário sobre os ecossistemas de startups brasileiras e sul-africanas, em Pretória, o 2º Encontro da Diáspora Brasileira em C,T&I nos Estados Unidos, a missão de startups à feira ‘Smart Cities’, em Barcelona, e a missão de parques tecnológicos brasileiros à Rússia.

Fim do conteúdo da página