Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
138

A Presidenta da República da Coreia, Park Geun-hye, acompanhada de delegação de alto nível e de missão empresarial, realizará visita de Estado ao Brasil nos dias 24 e 25 de abril de 2015.

No dia 24, em Brasília, a Presidenta Park Geun-hye será recebida pela Presidenta Dilma Rousseff. Na oportunidade, avaliarão temas da agenda bilateral e global e discutirão formas de aprofundar a cooperação entre os dois países. Serão discutidas, em particular, iniciativas nas áreas de comércio; investimentos; ciência, tecnologia e inovação; educação; cultura; e energia.

Em São Paulo, a Presidenta Park participará, no dia 24, de encontro empresarial organizado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) e pela Câmara Coreana de Comércio e Indústria (KCCI). No dia 25, manterá encontros com empresários e com representantes da comunidade coreana, além de comparecer a evento cultural de música e moda coreanas.

O Brasil foi o primeiro país latino-americano a estabelecer relações diplomáticas com a República da Coreia, em 1959. A evolução recente das relações distingue-se pela ampliação dos investimentos coreanos no Brasil; pela intensificação da cooperação acadêmica; pelo adensamento da agenda bilateral no campo da alta tecnologia; e pelo crescimento dos fluxos de comércio. A República da Coreia é a maior parceira do Brasil na Ásia no programa Ciência sem Fronteiras, tendo recebido, desde 2012, 525 estudantes brasileiros em suas universidades e centros de pesquisa. Mais de 100 empresas coreanas, a maioria delas com investimentos no Brasil, têm oferecido estágios profissionalizantes para os bolsistas do programa.

Em 2014, o intercâmbio comercial bilateral foi da ordem de US$ 12 bilhões, o que posicionou a República da Coreia como o 3º maior parceiro comercial do Brasil na Ásia (depois da China e do Japão) e o 7º no mundo. O Brasil, por sua vez, é o maior parceiro comercial da Coreia na América Latina. O estoque de investimentos coreanos no País é estimado em US$ 3,8 bilhões (2013), com destaque para as indústrias de semicondutores, máquinas e equipamentos, eletroeletrônica, siderúrgica e automotiva.


Mais sobre as relações bilaterais Brasil-Coreia do Sul

Fim do conteúdo da página