Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
21

Celebram-se hoje os 70 anos da libertação do campo de extermínio de Auschwitz, na Polônia, o mais atroz símbolo do Holocausto. A data foi instituída pela Assembleia Geral das Nações Unidas, em dezembro de 2005, como Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto.

Em momento de manifestações crescentes de antissemitismo, islamofobia, xenofobia e demais formas de intolerância em diversas partes do mundo, o compromisso de cada país individualmente e o contínuo aprimoramento dos instrumentos de proteção dos direitos humanos, tarefa na qual o Governo da Presidenta Dilma Rousseff está firmemente empenhado, são fundamentais para assegurar o fim de todas as formas de discriminação.

O Governo brasileiro recorda a barbárie que vitimou milhões de pessoas durante a Segunda Guerra Mundial e homenageia os brasileiros que salvaram vidas humanas naquele triste momento da história, como Luiz Martins de Souza Dantas e Aracy de Carvalho Guimarães Rosa, cujos nomes se encontram gravados no Jardim dos Justos entre as Nações, no Museu do Holocausto, em Israel.

Recordar e honrar as vítimas da Shoá não é apenas um dever moral iniludível. É também uma arma poderosa na luta, que deve ser de todos, contra o ressurgimento das condições que deram origem ao Holocausto, naquele que foi um dos períodos mais sombrios da história da humanidade.

Fim do conteúdo da página