Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Os Governos do Brasil e do México decidiram retomar o Acordo para a Isenção de Vistos de Curta Duração em Passaportes Comuns, assinado em 23 de novembro de 2000. O acordo permite o ingresso de cidadãos de um país no território do outro país, sem necessidade de visto, por períodos de até 90 dias, contados a partir da data de entrada, renováveis, desde que a permanência total não exceda 180 dias no período de um ano. A aplicação do acordo havia sido suspensa em 8 de setembro de 2005, com efeitos a partir de 23 de outubro daquele ano.

A medida será implementada a partir de data a ser definida e anunciada de comum acordo entre as partes, no mais breve prazo possível.

O Governo brasileiro expressa a sua satisfação com a medida, que estimulará ainda mais as relações entre os dois países, beneficiando diretamente os turistas e aqueles que viajam a negócios.

O Governo brasileiro saúda particularmente a possibilidade de que cidadãos mexicanos possam viajar ao Brasil, sem a necessidade de obterem previamente o visto de entrada, para assistir aos grandes eventos de 2013 (Copa das Confederações e Jornada Mundial da Juventude), 2014 (Copa do Mundo) e 2016 (Olimpíadas e Paraolimpíadas).

O comércio entre Brasil e México cresceu 244% de 2002 a 2012, quando totalizou US$ 10 bilhões, 11,0% a mais que em 2011. Em 2012, o Brasil foi o 8º parceiro comercial do México. O México, por sua vez, tornou-se, no acumulado de janeiro a novembro de 2012, o 10º parceiro comercial do Brasil.


Mais sobre as relações bilaterais Brasil-México

Fim do conteúdo da página