Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
189

O Ministro do Comércio da República Popular da China, Chen Deming, realizará visita ao Brasil entre os dias 14 e 17 de maio. O Ministro da RPC manterá encontros com o Chanceler Antonio de Aguiar Patriota e com o Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel.

No dia 16 de maio, o Ministro Chen Deming, presidirá, pela parte chinesa, reunião da Subcomissão Econômico-Comercial da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível de Concertação e Cooperação (COSBAN). Pelo lado brasileiro, a reunião será co-presidida pelo Chanceler Antonio Patriota e pelo Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel.

O Ministro Chen Deming virá ao Brasil acompanhado de expressiva delegação empresarial, composta por representantes dos setores de infra-estrutura, agricultura, energia, automobilístico e ferroviário, entre outros, que participarão do Seminário Empresarial China-Brasil, também no dia 16 de maio, em Brasília.

A visita do Ministro do Comércio da RPC ao Brasil, prevista no Comunicado Conjunto da Visita de Estado da Presidenta Dilma Rousseff à China, em abril passado, insere-se no contexto do aprofundamento da Parceria Estratégica entre Brasil e China e da execução do Plano de Ação Conjunta 2010-2014. Possui, entre seus objetivos, o de promover a diversificação do comércio bilateral e o investimento recíproco.

A China é o maior parceiro comercial do Brasil, com intercâmbio de US$ 56 bilhões e saldo positivo para o Brasil de US$ 5 bilhões em 2010. Nos quatro primeiros meses de 2011, o comércio bilateral apresentou um aumento de 45% em relação ao mesmo período do ano anterior, alcançando US$ 20,4 bilhões, com superávit brasileiro de US$ 1,6 bilhão. Em 2010, a China foi o maior investidor estrangeiro no Brasil.


Mais sobre as relações bilaterais Brasil-China

Fim do conteúdo da página