Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
8

O Governo brasileiro saúda a realização, no período de 9 a 15 de janeiro, do Referendo sobre o status do Sul do Sudão, no qual o povo do Sul daquele país optará pela manutenção da unidade com o Norte ou pela secessão e consequente criação de um novo país. Os resultados oficiais deverão ser divulgados no prazo máximo de trinta dias após a conclusão do pleito.

O Referendo constitui o ponto mais alto do processo de implementação do Acordo Abrangente de Paz (AAP), firmado em 2005, entre o Norte e Sul do Sudão, o qual pôs fim a décadas de guerra civil entre as duas regiões do país.

O Governo brasileiro está comprometido em contribuir para a consolidação da estabilidade na região. Em abril de 2010, foram enviados observadores às eleições nacionais do Sudão, as quais representaram importante etapa no processo de paz. O Governo brasileiro tem contribuído com oficiais para a Missão das Nações Unidas no Sudão (UNMIS), estabelecida em 2005 para dar suporte à implementação do AAP. Atualmente, o Brasil mantém 20 observadores militares, dois policiais e dois oficiais na Missão. O Governo brasileiro enviou, ademais, missão de observadores eleitorais, integrada por dois diplomatas, ao Referendo que se inicia no próximo dia 9 de janeiro.

Pesquisa:
Fim do conteúdo da página