Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

O Ministro das Relações Exteriores, Antonio de Aguiar Patriota, manterá reunião de trabalho com o Secretário de Estado, John Kerry, em Washington D.C., no dia 20 de maio.

O Ministro das Relações Exteriores, Antonio de Aguiar Patriota, manterá reunião de trabalho com o Secretário de Estado, John Kerry, em Washington D.C., no dia 20 de maio. No mesmo dia, também se encontrará com o Assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, Tom Donilon, e o Vice-Assessor de Segurança Nacional para Assuntos Econômicos Internacionais, Michael Froman.

Brasil e EUA mantêm cooperação em diversos temas, como ciência, tecnologia e inovação; energia; defesa; educação; transparência governamental; luta contra a discriminação; e inclusão social.

O Diálogo de Parceria Global, que teve sua última edição em outubro de 2012, tem conferido maior densidade às iniciativas conjuntas, em particular ao projeto de estabelecimento de uma Parceria Global para o Século XXI. A Parceria é constituída por mais de trinta mecanismos de consulta e cooperação que cobrem praticamente todos os temas das agendas bilateral, regional, internacional e global. Brasil e EUA são também os principais promotores da Parceria para um Governo Aberto.

Os chanceleres examinarão os principais temas da agenda bilateral, com ênfase na execução dos compromissos acordados pelos Presidentes Dilma Rousseff e Barack Obama nas duas últimas viagens presidenciais.

De 2008 a 2012 o intercâmbio comercial entre os dois países cresceu 11,3%, passando de US$ 53,1 bilhões para US$ 59,1 bilhões. Em 2011, a corrente de comércio alcançou recorde histórico em função do aumento das importações brasileiras (25,6%). Em 2012, os Estados Unidos foram o 2º parceiro do Brasil no mundo, com participação de 12,7% no total do comércio exterior brasileiro.

Os Estados Unidos são o país com maior estoque de Investimentos Estrangeiros Diretos (IED) no Brasil, somando US$ 104 bilhões em 2010, cerca de um quinto do total de IEDs no Brasil. Os investimentos líquidos realizados apenas na última década correspondem a mais da metade desse valor: US$ 67,7 bilhões ingressaram no Brasil entre 2001 e 2012, segundo o Banco Central do Brasil (BCB). Em 2012, os EUA foram o maior investidor estrangeiro no Brasil.

***

Visit by Minister Antonio de Aguiar Patriota to the U.S. - Washington, May 20, 2013

The Brazilian Minister of External Relations, Antonio de Aguiar Patriota, will hold work meeting with U.S. Secretary of State, John Kerry, in Washington, D.C. on May 20th, 2013.

The Brazilian Minister of External Relations, Antonio de Aguiar Patriota, will hold a work meeting with U.S. Secretary of State, John Kerry, in Washington, D.C. on May 20th, 2013. That same day, Minister Patriota will also meet with National Security Advisor, Tom Donilon, and Deputy National Security Advisor for International Economic Affairs, Michael Froman.

Brazil and the U.S. pursue cooperation in many areas, such as science, technology and innovation; energy; defense; education; government transparency; the fight against discrimination; and social inclusion.

The Global Partnership Dialogue, which was last held in October, 2012, has been providing greater emphasis to these joint initiatives, especially to the project of establishing a Global Partnership for the 21st Century. The Partnership comprises more than 30 consultative and cooperative mechanisms that cover practically all topics on the bilateral, regional, international, and global agendas. Brazil and the U.S. are also the key promoters of the Open Government Partnership.

The two Foreign Ministers will examine the main topics on the bilateral agenda, focusing on the implementation of the commitments agreed upon by Presidents Dilma Rousseff and Barack Obama during the two most recent presidential visits.

From 2008 to 2012, trade between both countries grew 11.3%, rising from US$ 53.1 billion to US$ 59.1 billion. In 2011, trade flows reached historic highs, due to an increase in Brazilian imports (25.6%). In 2012, the United States was Brazil’s second top trading partner in the world, accounting for 12.7% of Brazil’s total foreign trade.

The United States is the country with the largest stock of foreign direct investment (FDI) in Brazil, totaling US$ 104 billion in 2010, nearly one-fifth of total FDI in the country. Net investments made in the last decade alone correspond to more than half of this amount, with US$ 67.7 billion invested in Brazil between 2001 and 2012, according to the Brazilian Central Bank (BCB). In 2012, the U.S. was the largest foreign investor in Brazil.

Pesquisa:
Fim do conteúdo da página