Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
118

Hoje, 9 de outubro de 2020, em Genebra, o Brasil foi eleito, por aclamação, pelo período de um ano, para exercer a Presidência do Conselho ("Bureau") do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR). O Conselho é responsável por coordenar as discussões entre os Estados membros, determinar as ações prioritárias e aprovar o orçamento do ACNUR.

Pela primeira vez, desde a fundação do Alto Comissariado para Refugiados, em 1950, o Brasil ocupará a Presidência do órgão de governança daquela Agência.

A eleição reflete o reconhecimento internacional pelo engajamento brasileiro no campo humanitário, sobretudo em razão das iniciativas inovadoras tomadas pelo Governo Federal na proteção a refugiados e no âmbito da Operação Acolhida.

 

Brazil’s election to the Presidency of the Bureau of the United Nation High Commissioner for Refugees (UNHCR)

 

Today, October 9 2020, in Geneva, Brazil was elected by acclamation for a one-year term as Chair of the Bureau of the United Nation High Commissioner for Refugees (UNHCR). The Bureau is responsible for coordinating the discussions among Member States, helping determine priority actions, and approving UNHCR’s budget.

This will be the first time since UNHCR’s foundation in 1950 that Brazil will hold the Presidency of the governing body of the Agency.

The election reflects the international recognition of Brazil’s engagement in the humanitarian field, mostly due to innovative initiatives undertaken by the Federal Government regarding refugee protection and in the context of “Operation Welcome”.

 

Elección de Brasil para la Presidencia del Consejo del Alto Comisionado de Naciones Unidas para los Refugiados

 

Hoy, 9 de octubre de 2020, en Ginebra, Brasil ha sido electo por aclamación, para un mandato de un año, Presidente del Consejo (“Bureau”) del Alto Comisionado de las Naciones Unidas para los Refugiados (ACNUR). El Consejo es responsable por coordinar las discusiones de los Estados miembros, determinar acciones prioritarias y aprobar el presupuesto del ACNUR.

Ésta es la primera vez que Brasil ocupará la Presidencia del Consejo desde la fundación del Alto Comisionado para los Refugiados, en 1950.

La elección refleja el reconocimiento internacional por el compromiso de Brasil en el campo humanitario, sobretodo por las iniciativas innovadoras del Gobierno Federal en materia de protección a refugiados y en el ámbito de la “Operación Acogida”.

 

Fim do conteúdo da página