Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
6

O governo brasileiro tomou conhecimento, com grande pesar, do falecimento do Sultão Qaboos bin Said Al Said, ocorrido ontem, 10/1. Descendente da 14ª geração do fundador da Casa de Al Said, o Sultão Qaboos era o líder mais antigo do mundo árabe e do Oriente Médio.

Durante os cinquenta anos no comando do país, o Sultão Qaboos promoveu políticas de modernização e desenvolvimento de Omã. Seu governo foi responsável pelo aumento expressivo do padrão de vida da população, pela promulgação da Constituição de Omã e pela estabilidade do país. No plano internacional, o Sultão Qaboos se destacou como hábil mediador de conflitos e como exemplo de tolerância, respeito e compromisso com seu povo.

Contando, sempre, com a cooperação do Sultão Qaboos, Brasil e Omã forjaram, desde 1974, sólidos laços de amizade e cooperação, ancorados em valores comuns, como a busca constante da prosperidade de seus povos e a defesa resoluta da solução pacífica de controvérsias.

O governo brasileiro solidariza-se com o povo omani e apresenta ao Sultanato de Omã e à família do Sultão Qaboos suas mais sinceras condolências.

O Brasil faz votos de pleno êxito ao novo Sultão Haitham bin Tariq Al Said, nomeado hoje, 11/1, no desempenho de suas novas funções.

Pesquisa:
Fim do conteúdo da página