Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
285

Ocorrerá em Brasília, em 13 e 14 de novembro, a XI Cúpula do BRICS. O encontro será presidido pelo Presidente Jair Bolsonaro.

Comparecerão o Presidente Vladimir Putin, da Rússia; o Primeiro-Ministro Narendra Modi, da Índia; o Presidente Xi Jinping, da China; e o Presidente Cyril Ramaphosa, da África do Sul.

O Brasil exerce, este ano, a presidência de turno do BRICS, sob o lema “Crescimento Econômico para um Futuro Inovador”. As áreas prioritárias de trabalho são: ciência, tecnologia e inovação; economia digital; aproximação entre o Conselho Empresarial do BRICS e o Novo Banco de Desenvolvimento (NDB); saúde e combate à corrupção e ao terrorismo.

O calendário de reuniões de 2019 contabiliza mais de cem encontros, dos quais dezesseis reuniões ministeriais, em mais de vinte áreas de cooperação. Eventos culturais, acadêmicos e empresariais da vertente “people-to-people” almejam promover o conhecimento mútuo das sociedades dos cinco países.

Na Cúpula, os mandatários discutirão formas de intensificar a cooperação intra-BRICS. Ao final do encontro, declaração tratará de temas da agenda internacional e da cooperação no âmbito do agrupamento.

Serão realizadas, durante esses dois dias, reuniões bilaterais entre o Presidente Jair Bolsonaro e os mandatários dos demais países membros do agrupamento. Os líderes participarão, também, no dia 13, da sessão de encerramento do Fórum Empresarial do BRICS, que reunirá cerca de 500 empresários dos cinco países.

Pesquisa:
Fim do conteúdo da página