Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
275

O governo brasileiro tem acompanhado com preocupação todos os desdobramentos relacionados às eleições gerais da Bolívia, realizadas em 20/10.

O Brasil reitera seu apoio a um processo eleitoral democrático, transparente, justo e livre, que honre a vontade soberana do povo boliviano.

O Brasil respalda os trabalhos realizados pela Missão de Observação Eleitoral (MOE) da OEA que acompanhou, a convite do governo boliviano, as eleições de 20/10.

A MOE registrou que toda eleição deve ser regida pelos princípios da certeza, legalidade, transparência, equidade, independência e imparcialidade, e que vários desses princípios foram desrespeitados ao longo do processo eleitoral na Bolívia.

As recomendações preliminares emitidas pela missão indicam a necessidade de que todas as etapas da eleição realizada na Bolívia sejam analisadas por especialistas independentes.

Nessas condições, o Brasil reconhece a importância dos acordos firmados pelo governo da Bolívia e pela Secretaria-Geral da OEA para viabilizar a realização de missão para analisar a integridade eleitoral do pleito de 20/10, que terá início da data de hoje.

O governo brasileiro manifesta sua firme expectativa de que a auditoria do processo eleitoral na Bolívia produzirá resultados sérios e rigorosos sobre a legitimidade do pleito, de caráter vinculante para as partes envolvidas, com o objetivo de que seja respeitado o soberano desejo do povo boliviano na escolha de seus dirigentes.

Fim do conteúdo da página