Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
190

O Governo brasileiro recebeu, com profundo pesar, a notícia do falecimento hoje, 22 de julho de 2019, do diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Yukiya Amano. Com competência e dedicação, o diplomata japonês esteve à frente da AIEA por uma década.

Durante sua gestão, Amano esteve duas vezes no Brasil (2010 e 2016). Foi o primeiro DG-AIEA a conhecer o Centro Nuclear Almirante Álvaro Alberto, em Angra dos Reis-RJ, e esteve no Centro Experimental de Aramar, em Iperó-SP, onde conheceu o projeto do Reator Multipropósito Brasileiro (RMB), que permitirá ao Brasil alcançar autonomia em matéria de radioisótopos destinados à medicina nuclear.

Ao reconhecer os esforços de Amano em aprofundar a cooperação entre a AIEA e a Agência Brasileiro-Argentina de Contabilidade e Controle de Materiais Nucleares (ABACC), o Governo brasileiro solidariza-se com a AIEA e apresenta à família do diretor-geral Yukiya Amano suas mais sentidas condolências.

Fim do conteúdo da página