Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
129

O governo brasileiro condena veementemente, e vê com grande preocupação, os sucessivos atentados contra cristãos no Burkina Faso, que deixaram 16 mortos nas cidades de Silgadji (em que seis pessoas foram mortas em uma igreja protestante no dia 28 de abril), Dablo (onde um ataque a uma igreja católica no dia 12 de maio deixou seis mortos) e Ouahigouya (em que quatro pessoas foram assassinadas durante uma procissão católica).

Ao transmitir suas condolências às famílias das vítimas e expressar sua solidariedade ao povo e ao Governo do Burkina Faso, o Brasil reitera seu firme repúdio a qualquer forma de terrorismo, independentemente de sua motivação.

Fim do conteúdo da página