Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
53

Os governos da Argentina, do Brasil, do Canadá, da Colômbia, da Costa Rica, do Chile, da Guatemala, de Honduras, do Panamá, do Paraguai e do Peru, membros do Grupo de Lima, nos solidarizamos com os milhões de venezuelanos afetados pelo apagão que se prolonga há mais de 50 horas e que, até o momento, resultou em 18 vítimas em hospitais e em clínicas em consequência da falta de abastecimento elétrico, além dos inúmeros contratempos na vida cotidiana, os quais se somam às penúrias que o povo venezuelano vem sofrendo há anos. Esta situação não faz senão confirmar a existência e a magnitude da crise humanitária que o regime de Maduro se nega a reconhecer.

Responsabilizamos exclusivamente o regime ilegítimo de Maduro pelo colapso do sistema elétrico venezuelano.

Reiteramos nosso apoio ao Presidente Encarregado Juan Guaidó e à Assembleia Nacional e ratificamos nosso compromisso com o povo venezuelano em sua busca por uma solução para a crise que afeta seu país. Somente um governo legítimo surgido de eleições livres e democráticas poderá realizar a reconstrução das instituições, da infraestrutura e da economia do país, de que os venezuelanos necessitam para recuperar sua dignidade, o exercício das liberdades civis e o respeito de seus direitos humanos, após anos de negligência e negação.

Fim do conteúdo da página