Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
217

O Ministério das Relações Exteriores lança a campanha #maismulheresdiplomatas para promover o ingresso de mulheres na carreira diplomática. Ao longo das próximas semanas, serão publicados vídeos nas redes sociais do Itamaraty com depoimentos de diplomatas das mais diversas formações, idades, perfis raciais e origens geográficas e sociais. O objetivo é incentivar um número cada vez maior de mulheres a participar do Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD), favorecendo o equilíbrio de gênero na diplomacia brasileira.  

O Itamaraty tem firme compromisso de tornar-se cada vez mais diverso e representativo da sociedade brasileira. Nas últimas décadas, as mulheres diplomatas conquistaram espaço e notoriedade na chancelaria brasileira e, em 2017, o CACD teve percentual recorde de aprovadas. No entanto, o número de mulheres na carreira diplomática continua aquém do desejável. O atual quadro de diplomatas conta com 360 funcionárias do sexo feminino, que representam apenas 23% de todos os diplomatas a serviço do Brasil.

O Comitê Gestor de Gênero e Raça (CGGR), órgão de caráter permanente e consultivo do Ministério das Relações Exteriores criado em 2014, tem coordenado programas e políticas voltados à promoção da efetiva igualdade de gênero e de raça no âmbito da chancelaria brasileira.

Acompanhe a campanha #maismulheresdiplomatas nas redes sociais do Itamaraty.

Fim do conteúdo da página