Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
52

Os ministros dos Estados Partes do Mercosul, Jorge Marcelo Faurie, Ministro das Relações Exteriores e Culto da Argentina; Aloysio Nunes Ferreira, Ministro das Relações Exteriores do Brasil; Marcos Jorge de Lima, Ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços do Brasil; Eladio Loizaga, Ministro de Relações Exteriores do Paraguai; e Rodolfo Nin Novoa, Ministro de Relações Exteriores do Uruguai, reuniram-se com o ministro canadense de Comércio Internacional, François-Philippe Champagne, em 9 de março de 2018, em Assunção.

Na conclusão da reunião, os ministros concordaram com o seguinte:

Declaração Conjunta sobre o Lançamento de Negociações de Acordo de Livre Comércio Abrangente entre os Estados Partes do Mercosul e o Canadá

Os ministros concordaram em lançar negociações para um acordo de livre comércio abrangente entre o Canadá e o Mercosul (ALC), o que representa passo significativo em direção ao aprofundamente da importante relação entre os Estados membros do Mercosul e o Canadá.

Os ministros ressaltaram a oportunidade que um acordo de livre comércio amplo, inclusivo e comercialmente significativo representa para o benefício mútuo do Canadá e do Mercosul. Fortalecer laços por meio do aumento do comércio e dos fluxos de investimento é passo essencial em direção ao compartilhado interesse na prosperidade sustentável e compromisso comum com a liberalização comercial e com a abertura dos mercados.

Os ministros reconheceram a importância de avançar nesta iniciativa de forma inclusiva. O Mercosul e o Canadá procurarão negociar temas como acesso a mercados de bens e de serviços, trabalho, meio ambiente, comércio e gênero, micro, pequenas e médias empresas, entre outros. A incorporação desses elementos reforçará o compromisso coletivo de crescimento e desenvolvimento econômico duradouro para todas as pessoas.

Os ministros comprometeram-se dar seguimento às negociações de um ALC sem demoras, a fim de trazer oportunidades para as populações do Canadá e do Mercosul, e instruíram suas equipes a realizar a primeira rodada de negociações na semana de 19 de março de 2018.

Fim do conteúdo da página