Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
37

O ministro Aloysio Nunes Ferreira realizará a sua primeira viagem oficial ao Oriente Médio de 27 de fevereiro a 6 de março de 2018, quando visitará Israel, Palestina, Jordânia e Líbano.

Nos dias 27 e 28 de fevereiro, em Israel, o ministro Aloysio Nunes deverá ser recebido pelo primeiro-ministro Benjamin Netanyahu e pelo presidente Reuven Rivlin, além de avistar-se com o ministro israelense da Cooperação Regional, Tzachi Hanegbi.

A visita ocorre no ano do 70º aniversário da criação do Estado de Israel. O ministro visitará o memorial Yad Vashem para depositar oferenda floral em memória das vítimas do Holocausto e participar de cerimônia de homenagem aos brasileiros citados entre os "Justos entre as Nações". Também estão previstas visitas à planta de dessalinização de Sorek e ao Centro Cultural Brasileiro, em Tel Aviv, entre outros compromissos.

Em 2017, o fluxo comercial Brasil-Israel foi de US$ 1,35 bilhão. As exportações brasileiras totalizaram US$ 466 milhões, com crescimento de 9,7% em relação a 2016. Israel foi o primeiro país de fora da América Latina a ter um Acordo de Livre Comércio com o Mercosul, que se encontra em vigor para o Brasil desde 2010.

Nos dias 1º e 2 de março, o ministro visitará a Palestina e manterá encontros com o presidente Mahmoud Abbas, com o primeiro-ministro Rami Hamdallah e com o chanceler Riad Malki. Também deverá se reunir com o Comissário Geral da Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA), Pierre Krähenbühl. Realizará visita ao Museu e ao Mausoléu de Yasser Arafat, com aposição de oferenda floral. O intercâmbio comercial com a Palestina totalizou US$ 27,06 milhões em 2017, fluxo majoritariamente composto por exportações brasileiras de carne bovina.

No dia 4 de março, na Jordânia, o ministro Aloysio Nunes deverá ser recebido pelo rei Abdullah II Bin Al Hussein, pelo primeiro-ministro Hani Mulki e pelo chanceler Ayman Safadi. Em 2017, o comércio bilateral alcançou US$ 231,1 milhões, dos quais US$ 223,6 milhões corresponderam a exportações brasileiras. Registrou-se aumento de 21,4% (US$ 39,5 milhões) nas exportações brasileiras para a Jordânia, em comparação com o ano anterior.

Nos dias 5 e 6 de março, o ministro das Relações Exteriores visitará o Líbano. O programa prevê encontros com o presidente Michel Aoun, o primeiro-ministro Saad Hariri, o presidente da Assembleia Nacional, Nabih Berry e o chanceler Gebran Bassil. O ministro Aloysio Nunes também fará visita à corveta Barroso, da Marinha do Brasil, que está a serviço da Força Tarefa Marítima da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (UNIFIL).

Ao longo dos últimos dez anos, o comércio bilateral entre o Brasil e o Líbano cresceu 17%, passando de US$ 240,89 milhões para US$ 283,06 milhões (2017).

Nos quatro países visitados, o chanceler brasileiro deverá tratar de questões de interesse bilateral e também de temas regionais e globais. O périplo oferecerá oportunidade para que o Brasil fortaleça sua posição de parceiro privilegiado dos países da região em matéria de cooperação, comércio e investimentos, bem como para reiterar seu apoio à solução para os conflitos na região.


Mais sobre as relações bilaterais Brasil-Israel

Mais sobre as relações bilaterais Brasil-Palestina

Mais sobre as relações bilaterais Brasil-Jordânia

Mais sobre as relações bilaterais Brasil-Líbano

Fim do conteúdo da página