Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
34

O ministro Aloysio Nunes Ferreira receberá, hoje, em Brasília, seu homólogo italiano, Angelino Alfano, dando sequência a encontro entre os dois ocorrido em Roma, em novembro do ano passado.

Os chanceleres discutirão os principais temas da agenda bilateral, em particular comércio, investimentos, cooperação em ciência e tecnologia, cultura e educação, além de temas regionais e globais, como as negociações do Acordo de Associação Mercosul-União Europeia e o apoio italiano ao pleito brasileiro para ingresso na OCDE.

Em 2017, o intercâmbio comercial entre os dois países alcançou US$ 7,5 bilhões, registrando 7,05% de crescimento relativamente ao ano anterior. A Itália é o nono parceiro comercial do Brasil –segundo entre os europeus. Estima-se que existam mais de mil empresas italianas no Brasil, com destaque para os setores automotivo, de energia, telefonia, alimentos e fabricação de máquinas e equipamentos.

Brasil e Itália mantêm parceria estratégica desde 2010. Além das relações políticas e econômicas, os dois países possuem laços históricos. Cerca de 30 milhões de brasileiros são descendentes de italianos e existem significativas comunidades de brasileiros residentes na Itália e de italianos residentes no Brasil.


Mais sobre as relações bilaterais Brasil-Itália

Fim do conteúdo da página