Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
282

O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, realizará visita de trabalho a Londres, Paris e Bruxelas, de 25 a 30 de agosto corrente.

A missão tem por objetivo fortalecer a tradicional parceria com países europeus. A Europa constitui parceiro essencial para o desenvolvimento nacional e para a competitividade da economia brasileira. As visitas dão continuidade ao diálogo político em alto nível e à promoção da cooperação bilateral, em particular em matéria de comércio e de investimentos.

Em Londres, no dia 25, o Ministro Aloysio Nunes manterá reunião com o secretário de Estado para o Exterior do Reino Unido, Boris Johnson. Serão discutidos, entre outros assuntos, a entrada do Brasil na OCDE, temas ambientais e a reforma do Conselho de Segurança das Nações Unidas. Os ministros discutirão, ainda, meios para promover a ampliação dos fluxos bilaterais de comércio e investimentos. O Reino Unido foi a quarta maior fonte de investimentos no Brasil em 2014, com estoque estimado em US$ 36,7 bilhões. Em 2016, o intercâmbio comercial Brasil-Reino Unido alcançou US$ 5,13 bilhões.

Em Paris, no dia 28, o chanceler brasileiro encontrará o ministro da Europa e dos Assuntos Estrangeiros da França, Jean-Yves Le Drian. Os chanceleres passarão em revista temas da relação bilateral, como a cooperação transfronteiriça e os projetos na área de defesa e espaço, no contexto da parceria estratégica entre os dois países, estabelecida em 2006. Também manterão diálogo na área de comércio e investimentos, com foco nas negociações do acordo Mercosul-União Europeia, além de temas da agenda internacional, como missões de paz e mudança do clima. A França foi a quinta maior fonte de investimentos brasileiro em 2014, com estoque estimado de US$ 31,6 bilhões. Em 2016, o intercâmbio comercial Brasil-França atingiu US$ 5,98 bilhões. 

Nos dias 29 e 30, em Bruxelas, o Ministro Aloysio Nunes Ferreira manterá encontros com o Vice-Presidente da Comissão Europeia e Comissário para Emprego, Crescimento, Investimento e Competitividade, Jyrki Katainen, e com a Comissária de Comércio, Cecilia Malmström, para tratar, no âmbito da Presidência Pro Tempore brasileira do Mercosul, do encaminhamento, com vistas à sua conclusão, das negociações comerciais entre os dois blocos. Será recebido também pelo Presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, e pela Alta Representante para Relações Exteriores e Política de Segurança e Vice-Presidente da Comissão Europeia, Federica Mogherini, com quem tratará do aprofundamento da Parceria Estratégica Brasil-União Europeia, que completa 10 anos em 2017. A União Europeia é a região que mais investe no país: o estoque de investimento da UE, em 2014, somou US$ 262 bilhões, quase a metade de todo o investimento estrangeiro no Brasil. Em 2016, o intercâmbio comercial Brasil-União Europeia atingiu US$ 64,42 bilhões.

Fim do conteúdo da página