Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
186

Realizou-se em Brasília, de 12 a 14 de junho, a VI Reunião Negociadora para a Ampliação e o Aprofundamento do Acordo de Complementação Econômica Nº 53 (ACE-53), da qual participaram representantes dos governos do Brasil e do México.

A delegação brasileira foi chefiada pelo Embaixador Paulo Estivallet de Mesquita, Subsecretário-Geral da América Latina e do Caribe do Ministério das Relações Exteriores, e a mexicana, por Juan Carlos Baker, Subsecretário de Comércio Exterior da Secretaria de Economia do México.

Reuniram-se, na oportunidade, os grupos negociadores sobre acesso a mercados, serviços, facilitação do comércio, regras de origem, medidas sanitárias e fitossanitárias, barreiras técnicas ao comércio e solução de controvérsias. Os grupos de compras governamentais, coerência regulatória e propriedade intelectual manterão reunião proximamente.

O objetivo das negociações é alcançar uma ampliação significativa do universo tarifário com preferências no âmbito do Acordo, com a inclusão de novos produtos agrícolas e industriais. Os representantes dos dois países sublinharam a importância de aprofundar a relação comercial e de investimentos entre as duas maiores economias da América Latina e do Caribe.

O México é sócio comercial fundamental para o Brasil na região. Em 2016, o comércio entre os dois países foi de US$ 7,34 bilhões, havendo as exportações brasileiras para o mercado mexicano alcançado US$ 3,81 bilhões. O Brasil obteve saldo comercial de US$ 285 milhões com o México em 2016.

 

Fim do conteúdo da página