Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
130

Os governos de Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Honduras, México, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai condenam energicamente a violência desencadeada em 19 de abril na Venezuela e lamentam a perda de mais vidas.

Somam-se à declaração do secretário-geral das Nações Unidas que insta "todas as partes a adotar medidas concretas para reduzir a polarização e criar as condições necessárias para enfrentar os desafios do país, a favor do povo venezuelano".

Reiteram a urgência de as autoridades venezuelanas adotarem medidas para garantir os direitos fundamentais e preservar a paz social.

É imperativo que a Venezuela retome o caminho da institucionalidade democrática e que seu governo defina as datas para o cumprimento do cronograma eleitoral, liberte os presos políticos e garanta a separação dos poderes constitucionais.

Fim do conteúdo da página