Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Nota 

127

 

Celebra-se amanhã, 20 de abril, no Palácio Itamaraty, com a presença do presidente Michel Temer e do ministro Aloysio Nunes Ferreira, o Dia do Diplomata. O evento marca a data de nascimento do Barão do Rio Branco, patrono da diplomacia brasileira, e envolve duas cerimônias: a formatura do Curso de Formação de Diplomatas do Instituto Rio Branco e a cerimônia de imposição de insígnias da Ordem de Rio Branco.

Este ano, excepcionalmente, haverá formatura de duas turmas. A de 2014-2015 é composta de 19 diplomatas, dos quais 7 são mulheres, um dos mais altos percentuais da história do IRBr. A de 2016-2017 tem 29 alunos, aprovados no concurso de 2015, o primeiro a reservar 20% das vagas a negros, nos termos da Lei 12.990. Além dos diplomatas brasileiros, as turmas do Instituto Rio Branco entre 2014 e 2017 incluem bolsistas enviados pelas chancelarias de dez países estrangeiros.

O patrono escolhido pela turma 2014-2015 é o cardeal Paulo Evaristo Arns, arcebispo de São Paulo entre 1970 e 1998 e fundador da Comissão de Justiça e Paz de São Paulo, além de outras iniciativas em prol dos direitos humanos e da justiça social no Brasil.

Já os formandos de 2016-2017 homenagearam a cientista Bertha Lutz, membro da delegação brasileira à Conferência de São Francisco e responsável direta pela inclusão da igualdade de direitos entre homens e mulheres entre os princípios consagrados no preâmbulo Carta da ONU. 

Após a formatura das turmas do IRBr, acontece a imposição das insígnias da Ordem de Rio Branco que reconhece a atuação de brasileiros e estrangeiros nas mais diversas áreas.


Reportar erro Acessar página com todas as notas
 
 
Fim do conteúdo da página