Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Nota 

44

 


Foto: AIG/MRE

A América Latina e o Caribe celebram hoje, 14 de fevereiro, os 50 anos do Tratado de Tlatelolco, instrumento que estabeleceu a primeira zona livre de armas nucleares em área densamente povoada. A assinatura foi motivada pelo desejo de assegurar a ausência dessas armas no nosso entorno geográfico, garantir que nossas instalações nucleares sejam usadas exclusivamente para fins pacíficos e promover o desarmamento atômico.

A diplomacia brasileira tem vínculos históricos com esse tratado, tendo realizado contribuições significativas para sua negociação e adoção. Também no dia de hoje, o embaixador brasileiro Luiz Filipe de Macedo Soares foi reeleito, por aclamação, para um segundo mandato como Secretário-Geral da Agência para a Proscrição das Armas Nucleares na América Latina e no Caribe (OPANAL).

Ao comemorar o cinquentenário do Tratado de Tlatelolco, o Brasil renova seu compromisso com um mundo livre de armas nucleares.


Reportar erro Acessar página com todas as notas
 
 
Fim do conteúdo da página