Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
283


Fotos: Jéssika Lima/AIG/MRE

O presidente da Confederação Suíça e conselheiro federal de Assuntos Econômicos, Educação e Pesquisa, Johann Schneider-Ammann, realizará visita ao Brasil no período de 4 a 7 de agosto. No dia 4, será recebido, em Brasília, pelo ministro das Relações Exteriores, José Serra. No dia 5, no Rio de Janeiro, participará da Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016. 

No encontro com o ministro Serra, serão examinados temas da agenda bilateral e questões regionais e multilaterais, bem como ações para ampliar o fluxo de comércio e de investimentos entre o Brasil e a Suíça. 

Parceiros estratégicos desde 2008, Brasil e Suíça mantêm intensa cooperação bilateral, na qual se destacam os investimentos recíprocos, o auxílio prestado por aquele país na recuperação de ativos financeiros e as parcerias na área de ciência, tecnologia e inovação. A Suíça, juntamente com Noruega, Islândia e Liechtenstein, integra a Associação Europeia de Livre-Comércio (EFTA), que tem mantido diálogo com o MERCOSUL com vistas ao lançamento de negociações comerciais entre os dois blocos. 

O Brasil é o principal destino de investimentos diretos da Suíça na América Latina e Caribe: em 2015, o montante alcançou US$ 1,1 bilhão, 49% do total investido na região. No mesmo ano, o comércio bilateral totalizou US$ 4,27 bilhões.


Mais sobre as relações bilaterais Brasil-Suíça

Fim do conteúdo da página