Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
144

Reunião da Comissão Bilateral de Alto Nível Brasil-Angola, presidida pelos Chanceleres Mauro Vieira e Georges Chikoti

Os Chanceleres de Brasil e Angola falam à imprensa após imposição da Grã-Cruz da Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul ao Ministro Georges Chikoti, pelo Ministro Mauro Vieira

O Ministro Mauro Vieira visita o Museu Nacional de História Militar de Angola
Fotos: AIG/MRE

O Ministro das Relações Exteriores, Embaixador Mauro Vieira, realizará visita oficial a Angola entre os dias 13 e 14 de abril. Em Luanda, presidirá com o Chanceler Georges Chikoti a reunião da Comissão Bilateral de Alto Nível Brasil-Angola, ocasião em que tratarão da agenda bilateral, de temas regionais e globais.

Trata-se da segunda visita a Angola do Ministro Mauro Vieira desde que assumiu o Ministério das Relações Exteriores, reflexo do excelente patamar alcançado pelas relações bilaterais e da parceria estratégica entre os dois países, estabelecida em 2010. O Chanceler angolano Georges Chikoti visitou Brasília em novembro passado, por ocasião da celebração dos 40 anos do reconhecimento da independência de Angola pelo Brasil.

A convergência de interesses e os estreitos laços históricos e culturais tornam o diálogo com Angola diversificado e fazem do país um dos grandes parceiros do Brasil na África e na CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa).

A visita representará ainda oportunidade para buscar novos campos para a cooperação econômica. Com crescimento superior a 10% no início deste século e previsão acima de 3% para os próximos anos, Angola pode se tornar um dos principais mercados para produtos e serviços brasileiros. Em 2015, a corrente de comércio bilateral atingiu a marca de US$ 679 milhões, com saldo de US$ 647 milhões para o Brasil.

Há hoje importantes investimentos recíprocos, onde se destaca a presença da petroleira angolana Sonangol no Brasil e de empresas brasileiras dos mais variados setores naquele país.

O Brasil foi o primeiro país a reconhecer a independência de Angola. Em novembro de 2015, os dois países celebraram os 40 anos do reconhecimento brasileiro da independência de Angola e do estabelecimento de relações diplomáticas.


Mais sobre as relações bilaterais Brasil-Angola


 

Fim do conteúdo da página