Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
137

 

Reunidos em Bruxelas em 8 de abril, o Ministro das Relações Exteriores do Uruguai, Rodolfo Nin Novoa, no exercício da presidência pro tempore do MERCOSUL, e a Comissária de Comércio da União Europeia, Cecilia Malmström, anunciaram cronograma para a próxima etapa do processo negociador do Acordo de Associação Birregional MERCOSUL-União Europeia. Ficou acertado que a troca de ofertas de acesso a mercados entre os dois blocos, etapa essencial do processo, ocorrerá na segunda semana de maio. Foi também definido calendário de reuniões para o corrente ano.

O Brasil acolhe com grande satisfação esse anúncio, que marca o início da etapa final do processo negociador, objetivo ao qual o MERCOSUL atribui especial prioridade, tendo concluído o trabalho técnico de preparação de sua oferta de acesso a mercados já por ocasião da Cúpula de julho de 2014, em Caracas. A conclusão do trabalho do lado europeu e a fixação do momento da troca de ofertas abre caminho para nova e decisiva fase no processo de negociação, que o Governo brasileiro espera possa ser concluído de forma rápida e exitosa.

O Brasil empenhou-se consistentemente para fazer avançar as negociações, tanto na etapa de preparação da oferta conjunta do MERCOSUL, quanto na realização de gestões para viabilizar o intercâmbio das ofertas. Tais gestões incluíram diversos contatos diretos da Presidenta Dilma Rousseff e do Ministro Mauro Vieira com seus respectivos contrapartes em países europeus, além da atuação da Missão do Brasil junto à União Europeia e de nossas Embaixadas junto aos 28 Estados Membros da UE.

O intercâmbio de ofertas de acesso a mercados constitui etapa essencial para a negociação de um acordo que leve na devida conta as expectativas e sensibilidades de cada um dos lados, e que se espera seja equilibrado e mutuamente benéfico, à altura do grande potencial das duas regiões e das relações históricas que as unem.

Fim do conteúdo da página