Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
67

O Governo brasileiro condena nos mais fortes termos os atentados terroristas que resultaram na morte de mais de uma centena de pessoas na Síria, na cidade de Homs e no santuário de Saída Zainab, em Damasco, no domingo 21 de fevereiro. Trata-se de mais um crime covarde reivindicado pelo grupo terrorista autodenominado “Estado Islâmico”.

Ataques contra civis são atos de barbárie que devem ser repudiados e combatidos com firmeza pela comunidade internacional como um todo. Nenhum ataque terrorista pode ser justificado. Nenhuma manifestação de intolerância religiosa pode ter lugar no mundo de hoje.

Ao transmitir suas condolências às famílias das vítimas e ao povo sírio, o Brasil reitera seu apoio às iniciativas de paz em curso, que têm por objetivo buscar uma solução política para a crise naquele país, ao qual o Brasil se sente ligado por profundos vínculos históricos.

A paz na Síria deve ser alcançada pelo diálogo e pela reconciliação, em processo liderado pelos próprios sírios entre setores reconhecidos como idôneos, o que exclui grupos terroristas, nos termos da Resolução 2254 (2015) do Conselho de Segurança das Nações Unidas e os Comunicados de Viena de 2015 e de Genebra de 2012.

Fim do conteúdo da página