Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
58

O Governo brasileiro recebeu com pesar a notícia do falecimento do ex-Secretário-Geral das Nações Unidas e ex-Ministro das Relações Exteriores da República Árabe do Egito, Boutros Boutros-Ghali, ocorrido hoje no Cairo.

Durante o período em que esteve à frente da Secretaria-Geral das Nações Unidas, entre 1992 e 1996, Boutros-Ghali se destacou pelo esforço permanente em defesa do fortalecimento da ONU e de seu papel insubstituível como a mais importante organização multilateral global. No contexto das grandes transformações que resultaram do final da Guerra Fria, Boutros-Ghali liderou importante processo em favor de uma Agenda para a Paz, com vistas a aprimorar a capacidade das Nações Unidas de atuar de forma eficaz, com ênfase na diplomacia preventiva e na consolidação da paz em situações de pós-conflito.

Ao recordar a obra de Boutros-Ghali e expressar sua solidariedade à família do ex-Secretário-Geral das Nações Unidas, o Governo brasileiro faz votos de que sua memória continue a inspirar aqueles que lutam, muitas vezes com grande dificuldade, para levar adiante os ideais do multilateralismo e da paz.

Fim do conteúdo da página