Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Eu queria, depois da fala do Evo Morales, chamar a atenção de todos os governos da África, da América Latina e da América do Sul, com o debate sobre a questão climática. No dia 10 de dezembro, haverá, em Copenhague, a reunião para discutir a questão climática. Cristina, eu e (incompreensível) assistimos um pouco da discussão do G-20, e acho que todos nós temos a preocupação porque o se pensa em discutir de solução para a questão climática é os países ricos criarem fundos para financiar o não desmatamento em alguns países pobres, certamente na América do Sul e na África, e eles continuarem emitindo as mesmas quantidades de gases de efeito estufa que eles emitem hoje.

Então, eu penso que é importante cada país chamar a sua delegação e discutir para que, em Copenhague, a gente não aceite trocar a estabilidade do Planeta por um pouco de dinheiro, que é a criação desse Fundo. É importante que a gente convença os países ricos a fazerem uma combinação, (incompreensível) criar um Fundo. Mas é preciso que haja, antes de tudo, o compromisso deles de diminuírem a emissão de gases de efeito estufa. Isso se dará ou por novas tecnologias, isso se dará por diminuição do consumo, ou eles terão que florestar os seus países para poder sequestrar carbono.

Então, eu só queria chamar a atenção, que essa discussão talvez a gente não defina em Copenhague, mas certamente essa será a grande decisão que nós vamos ter que discutir, ou até Copenhague ou até o ano que vem. E aí, Evo, eu queria chamar a atenção porque acho que os países da América do Sul que estão na região da Amazônia precisariam fazer uma reunião - eu já dou uma sugestão de fazê-la em Manaus, em novembro, antes de Copenhague - para a gente tomar uma decisão sobre a Amazônia porque tem muita gente de olho nas nossas árvores da Amazônia. E nós temos que ter uma posição muito firme enquanto conjunto de países amazônicos sobre a questão da Amazônia.

Apenas um lembrete, Evo, bem lembrado, essa questão climática que vai ser o grande debate em dezembro, em Copenhague.

Fim do conteúdo da página