Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Subsecretário-geral de Cooperação Internacional, Promoção Comercial e Temas Culturais do Ministério das Relações Exteriores


Com os olhos no futuro, o Ministério das Relações Exteriores está buscando formas inovadoras de promoção do audiovisual brasileiro no exterior. Apoiado pelo Departamento Cultural, inaugurou-se neste mês de abril o 1º Festival de Cinema Brasileiro On-line na França. Trata-se da primeira experiência do gênero no exterior. Durante um mês, o público francês poderá assistir a uma programação de 11 filmes brasileiros recentes por meio de um site especializado em festivais on-line.

Pretendemos levar a outros países o formato do festival on-line na França. O projeto acompanha modelo que começa a se multiplicar mundo afora e utiliza inovações tecnológicas que propagarão o audiovisual brasileiro ao maior número possível de espectadores pelo mundo.

O Itamaraty tradicionalmente apoia a realização de festivais e mostras de cinema brasileiro em dezenas de países. Esses eventos são importante vitrine da nossa cultura e ajudam a abrir mercados para produções brasileiras. Caso recente de sucesso é o do filme Nise, o coração da loucura, que, no ano passado, venceu o principal prêmio no Festival de Cinema do Brics, realizado em Chengdu, na China, tendo sido em seguida exibido no Festival de Cinema Brasileiro de Pequim. Em 2018, fato inédito para produções brasileiras, o filme estreou em mais de 400 salas comerciais no país asiático.

A missão do Departamento Cultural do Itamaraty é divulgar o audiovisual brasileiro em todas as suas manifestações, desde as mais tradicionais, como produções para cinema e TV, até os formatos mais modernos, nas mídias digitais, na animação, na publicidade e no setor de jogos eletrônicos, que têm crescido muito no Brasil. Esse esforço é realizado em coordenação com o Ministério da Cultura, a Agência Nacional de Cinema (Ancine) e outros órgãos governamentais.

O mundo está cada vez mais conectado por meio da internet, telefones celulares, tablets, computadores e serviços de “vídeo sob demanda” (“VOD”, na sigla em inglês). Ao mesmo tempo, é cada vez maior a interação entre essas diferentes mídias, como no caso de animações que viram games, games que viram filmes, e seriados que conquistam o mundo em diferentes plataformas.

Novas tecnologias, como a realidade virtual, abrem fronteiras para a criação de produtos culturais inovadores. Atento às novas tendências, em junho, o Itamaraty apoiará o 1º Festival de Realidade Virtual Brasileira no exterior, na Suíça, paralelamente ao World VR Forum, que exibirá games, documentários, produções educacionais e voltadas ao setor de turismo, obras de ficção e de realidade aumentada.

Com talento e esforço, produtores, artistas e empresários brasileiros estão atentos às possibilidades abertas pelas novas tecnologias e vêm mostrando suas produções no exterior. O mercado do audiovisual torna-se cada vez mais global e o Itamaraty empenha-se em acompanhar, na medida de suas possibilidades, esse novo processo de internacionalização da indústria criativa brasileira, por meio de coproduções, parcerias ou ações de promoção externa.

Fim do conteúdo da página