Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

O subsecretário-geral de Cooperação Internacional, Promoção Comercial e Temas Culturais, embaixador Santiago Mourão, juntamente com o diretor presidente do Instituto Cultural Filarmônica de Minas Gerais, sr. Diomar Silveira, o diretor executivo da Fundação Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, sr. Marcelo Lopes, e o diretor artístico e regente titular da Orquestra Filarmônica de Goiás, sr. Neil Thomson, farão briefing à imprensa hoje, dia 22 de novembro, às 16h, na Assessoria de Imprensa do Itamaraty em Brasília, sobre o Projeto Brasil em Concerto, cujo lançamento ocorrerá neste mesmo dia às 19h.

A cerimônia de lançamento contará com uma apresentação da Orquestra Filarmônica de Goiás interpretando obras de Edino Krieger e Cláudio Santoro. O concerto também marca os 90 anos de Edino Krieger e abre as comemorações do centenário de Cláudio Santoro, em 2019. Haverá transmissão ao vivo pela Rádio MEC, no Rio de Janeiro e em Brasília.

O projeto Brasil em Concerto é uma parceria do Departamento Cultural do Ministério das Relações Exteriores com a Orquestra Filarmônica de Goiás, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais e a Academia Brasileira de Música.

O projeto visa a apresentar ao público internacional a longa tradição de música de concerto no Brasil, que se estende do século XIX aos nossos dias. Até 2023, serão gravados cerca de 30 CDs, com 100 obras sinfônicas de Alberto Nepomuceno, Carlos Gomes, Henrique Oswald, Villa-Lobos, Francisco Mignone, Lorenzo Fernandez, Camargo Guarnieri, Claudio Santoro, José Siqueira, Guerra-Peixe, Edino Krieger e Almeida Prado. Os discos serão editados e distribuídos pela gravadora internacional Naxos.

Os discos trazem primeiras gravações mundiais ou primeiras gravações com qualidade técnica de nível internacional das obras escolhidas. Simultaneamente aos lançamentos, serão editadas as respectivas partituras, muitas das quais inéditas até hoje.

O primeiro disco da série, com obras de Alberto Nepomuceno, foi gravado este ano pela Orquestra Filarmônica de Minas Gerais e tem lançamento previsto para fevereiro de 2019.

A gravadora Naxos possui uma extensa rede de distribuição internacional e plataforma de comercialização online. Reconhecida pelo caráter quase enciclopédico do seu catálogo, e por uma direção artística que privilegia gravações de obras e compositores menos conhecidos, a associação do projeto Brasil em concerto com a Naxos representou um passo fundamental para alcançar a ampla difusão da música erudita brasileira.

Fim do conteúdo da página