Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Realizou-se, na noite de 25 de setembro de 2019, no Strangers Room do Parlamento de Nova Gales do Sul, o evento Brazil Showcase 2019, uma iniciativa do Consulado-Geral do Brasil em Sydney, com o apoio da APEX-Brasil e da Embratur, e em parceria com a Câmara de Comércio Austrália-Brasil, o Conselho Empresarial Austrália-Brasil e o Conselho Empresarial Austrália América Latina. O objetivo do Brazil Showcase 2019 foi de apresentar aos membros do Parlamento de Nova Gales do Sul e ao público australiano uma amostra do que as empresas brasileiras têm a oferecer.

No evento, empresas brasileiras líderes em seus respectivos setores apresentaram seus produtos e serviços e se dispuseram a conversar sobre suas soluções e tecnologias com o público australiano presente, com foco no tema da sustentabilidade. Empresários brasileiros baseados na Austrália, adicionalmente, estiveram presentes para falar sobre suas experiências na criação de negócios entre os dois países.

O evento, que contou com mais 200 convidados, teve como anfitrião Anthony Roberts, Ministro para Contra-Terrorismo e Sistema Correcional de Nova Gales do Sul e presidente do Grupo de Amigos do Brasil no Parlamento estadual. Entre as autoridades australianas presentes, destacam-se David Elliot MP, Ministro para Polícia e Servicos de Emergência de Nova Gales do Sul; Jonathan O'Dea MP, Líder da Assembleia Legislativa de Nova Gales do Sul, assim como muitos outros membros do Parlamento estadual; e Alexandra Goddard, Oficial de Relações Internacionais do escritório em Nova Gales do Sul do Departamento de Assuntos Estrangeiros e Comércio (DFAT). O corpo consular baseado em Sydney também marcou presença no evento, bem como representantes de associações da comunidade brasileira, como Luana Torres, Presidente do Conselho de Cidadãos Brasileiros de Sydney, Cherich Dorattioti, Presidente do Conselho Comunitário Brasileiro na Austrália (BRACCA) e Lucia Johns, Presidente da Associação Brasileira para o Desenvolvimento da Criança Bilíngue (ABCD).

Os mais diversos setores da economia brasileira estiveram representados, entre os quais indústria alimentícia, agronegócio, energia e bioenergia, tecnologia da informação, transporte aéreo, manufatura de aeronaves, máquinas e equipamentos e bens de consumo. O evento direcionou, ainda, foco especial sobre a oferta turística do Brasil e as rotas aéreas para que o turista australiano chegue ao país. Participaram do Brazil Showcase as seguintes empresas brasileiras e empresas australianas de empreendedores brasileiros: Aquila Institute Australia (consultoria), Bauducco (alimentos), BB Securities (setor financeiro), DOCOL Faucets (manufatura); Fohat Energy (energia), Weg (máquinas e equipamentos), Latam (linha áerea), Millenium Bioenergy (energia), SoftExpert (tecnologia da informação), Tramontina (bens de consumo), Volato (aeronaves), Friboi/JBS (alimentos), Embraer (aeronaves), Tropical Brazil (alimentos), Organique (alimentos), Minas Hill (café), Brazilian Style Imports (alimentos), Ixonn (tecnologia da I nformação), Sal Doce (alimentos) and Zapala (logística).

O setor privado australiano também contou com presença significativa no evento, incluindo, entre os muitos investidores e empresas, a Câmara de Comércio Austrália-Brasil, o Conselho Empresarial Austrália Brasil, o Conselho Empresarial Austrália-América Latina, o Grupo Empresarial Líderes (LIDE Austrália), Qantas, Air New Zealand, Woolworths, RBA Group, Auscott Limited, CSIRO and KPMG. 

Ao longo de todo o evento, os convidados puderam fazer "networking" com as empresas brasileiras presentes e apreciar música brasileira, típicos coquetéis brasileiros e comidas tradicionais do Brasil. Foram distribuídos ao final "gift bags" com material promocional do turismo brasileiro, cujo encaminhamento muito agradeço, além de material promocional e brindes das empresas brasileiras presentes.

Em seu discurso, o Ministro Anthony Roberts sublinhou a importância do trabalho do grupo parlamentar de Amigos do Brasil para o fortalecimento do relacionamento entre Brasil e Austrália. Ressaltou, ainda, o fato de que o relacionamento econômico da Austrália com o Brasil tem crescido de forma constante desde meados da década de 90, mais notavelmente em setores como mineração, agronegócio, serviços e educação. Nos dias de hoje, de acordo com o Ministro Roberts, mais de 100 empresas australianas tem presença no Brasil, enquanto que na Austrália, empresas brasileiras como Tramontina, JBS e Natura-Aesop também tem forte presença.

Fim do conteúdo da página