Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
148

[PORTUGUÊS] [ENGLISH]

 

Projeto de Cooperação Sul-Sul para a promoção do trabalho decente em países produtores de algodão na África e América Latina

O Instituto Brasileiro do Algodão (IBA), a Agência Brasileira de Cooperação (ABC) a Organização Internacional do Trabalho (OIT) assinaram hoje, 30 de abril, projeto de cooperação trilateral intitulado "Cooperação Sul-Sul para a promoção do trabalho decente em países produtores de algodão na África e América Latina", com orçamento de US$ 6,8 milhões e previsão de 5 anos de execução.

O projeto promoverá o trabalho decente inicialmente em 4 países (2 da América Latina e 2 da África) por meio da sistematização, compartilhamento e adaptação de experiências brasileiras relevantes em áreas tais como combate à pobreza, inclusão produtiva, prevenção e erradicação do trabalho infantil e do trabalho forçado, entre outras.

O projeto decorre dos resultados obtidos pelo Brasil no quadro do contencioso do algodão na OMC. Como parte da compensação pelos prejuízos causados aos produtores brasileiros de algodão pelas políticas agrícolas norte-americanas, criou-se, com recursos transferidos dos EUA ao Brasil, um fundo administrado pelo IBA, destinado à assistência técnica e capacitação do setor cotonicultor brasileiro e à cooperação internacional com outros países em desenvolvimento. Recursos oriundos desse fundo financiarão o projeto agora assinado entre o IBA, a ABC e a OIT.

 

Project "South-South Cooperation for the Promotion of Decent Work in cotton-producing countries of Africa and Latin America”

The Brazilian Cotton Institute (IBA), the Brazilian Cooperation Agency (ABC) and the International Labour Organization (ILO) signed today, on 30th April, a trilateral cooperation project entitled “South-South Cooperation for the Promotion of Decent Work in cotton-producing countries of Africa and Latin America”, with a budget of US$6.8 million and with a predicted completion period of 5 years.

The project will initially promote decent work in four countries (two in Latin America and two in Africa) through systematization, sharing and adaptation of relevant Brazilian experiences in areas such as poverty alleviation, productive inclusion, prevention and eradication of child labour and forced labour, among others.

The project stems from the results obtained by Brazil within the framework of the cotton debate in the World Trade Organization. As part of the compensation for damages suffered by Brazilian cotton producers as a result agricultural policies of the United States of America (USA), a fund was created by IBA with resources transferred from the USA to Brazil, for technical assistance and training for the Brazilian cotton-growing sector and for international cooperation with other developing countries. Resources derived from this fund will finance the project signed by IBA, ABC and ILO.

Fim do conteúdo da página