Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

São Vicente e Granadinas


As relações entre Brasil e São Vicente e Granadinas caracterizam-se pelo diálogo fluido e pela aproximação em matéria de cooperação técnica e assistência humanitária, no contexto mais amplo da aproximação política e econômica com toda a região do Caribe. Entre as iniciativas que contribuíram para a mencionada aproximação, destaca-se a realização da I Cúpula Brasil – CARICOM, em 2010.

Mais recentemente, têm sido frequentes os contatos mantidos com o governo vicentino para discutir possibilidades de investimentos na área de infraestrutura portuária. Há expectativa de que a aprovação pelo Congresso Nacional, em 2017, dos acordos de Cooperação Educacional e de Cooperação Cultural e a assinatura, também em 2017, do Acordo de Cooperação Técnica, contribuam para aprimorar o conhecimento mútuo e dinamizar as relações bilaterais.

Em 2018, o comércio bilateral totalizou US$ 2,29 milhões. As exportações brasileiras para São Vicente e Granadinas somaram US$ 2,26 milhões, ao passo que as importações totalizaram US$ 0,03 milhões. A balança bilateral é favorável ao Brasil, com superávit de US$ 2,23 milhões.

Cronologia das Relações Bilaterais

2018 – Participação do ministro dos Negócios Estrangeiros de São Vicente e Granadinas na Reunião de Consultas Regionais da América Latina e Caribe para o Pacto Global sobre Refugiados, em Brasília

2012 – Participação do primeiro-ministro de São Vicente e Granadinas na Conferência Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20)

2011 – Visita do primeiro-ministro de São Vicente e Granadinas a São Paulo

2010 – Participação do primeiro-ministro de São Vicente e Granadinas na I Cúpula Brasil – CARICOM, em Brasília

2009 – Abertura da embaixada do Brasil em São Vicente e Granadinas, com sede em Kingstown

2008 – Participação do primeiro-ministro de São Vicente e Granadinas na I Cúpula da América Latina e do Caribe sobre Integração e Desenvolvimento (CALC), na Costa do Sauipe

2004 – Os interesses brasileiros passam a ser representados pela embaixada do Brasil em Bridgetown, Barbados

1980 – Os interesses brasileiros em São Vicente e Granadinas são representados pela embaixada do Brasil em Port of Spain, Trinidad e Tobago

Fim do conteúdo da página