Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

As relações entre Brasil e São Vicente e Granadinas caracterizam-se por diálogo fluido, nos planos bilateral, regional e multilateral, e aproximação em matéria de cooperação técnica e assistência humanitária. Além da parceria no âmbito da CELAC, o relacionamento entre os dois países ganhou impulso a partir da realização da I Cúpula Brasil – Comunidade do Caribe (CARICOM), em 2010, quando foram assinados acordos de Cooperação Técnica Cultural Educacional e Agrícola.

O Programa de Cooperação Técnica Brasil – São Vicente e Granadinas atualmente vigente é composto de atividades nas áreas de recursos hídricos e agricultura.

 

Cronologia das relações bilaterais

1980 – Os interesses brasileiros em São Vicente e Granadinas eram representados pela Embaixada do Brasil em Trinidad e Tobago

2004 – Os interesses brasileiros em São Vicente e Granadinas passaram a ser representados pela Embaixada do Brasil em Bridgetown, Barbados

2008 – Participação do primeiro-ministro de São Vicente e Granadinas na I Cúpula da América Latina e do Caribe sobre Integração e Desenvolvimento CALC, na Costa do Sauipe - BA

2009 – Criação da Embaixada do Brasil em São Vicente e Granadinas, com sede na capital Kingstown

2010 – O primeiro-ministro de São Vicente e Granadinas participou da I Cúpula Brasil-Comunidade do Caribe (CARICOM), em Brasília

2011 – Visita do primeiro-ministro de São Vicente e Granadinas a São Paulo

2012 – Participação do primeiro-ministro de São Vicente e Granadinas na Conferência Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20)

 
 
Fim do conteúdo da página