Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Belize


As relações diplomáticas entre Brasil e Belize foram estabelecidas em março de 1983. Em 2006, receberam impulso adicional, com a instalação da embaixada do Brasil em Belmopan, que completou a rede diplomática brasileira na América continental.

Em 2017, o comércio entre Brasil e Belize montou a aproximadamente US$ 6,45 milhões. As exportações brasileiras somaram US$ 6,11 milhões (94,7 % do total da corrente de comércio), ao passo que as importações totalizaram US$ 341 mil. A balança bilateral é marcadamente favorável ao Brasil, com superávit de US$ 5,77 milhões.

Belize mantém diferendo territorial com a Guatemala, que reivindica uma área de 12.272 km² de seu território. A Organização dos Estados Americanos (OEA) criou um "Grupo de Amigos" que fornece apoio político, operacional e financeiro ao processo de paz entre os dois países. O Brasil faz parte do Grupo e efetuou contribuições ao Fundo de Paz, a última delas em 2009, no valor de US$ 25.000.

Cronologia das Relações Bilaterais

1983 – Estabelecimento de relações diplomáticas entre Brasil e Belize

2002 – O Brasil realiza doação de US$ 7.500 para o subfundo Belize-Guatemala do Fundo de Paz da OEA

2003 – O Brasil realiza doação de US$ 25.000 para o subfundo Belize-Guatemala do Fundo de Paz da OEA

2005 – O primeiro-ministro de Belize, Said Musa, visita o Brasil e se reúne com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva

2009 – O Brasil realiza doação de US$ 25.000 para o subfundo Belize–Guatemala do Fundo de Paz da OEA

2010 – O ministro dos Negócios Estrangeiros de Belize, Wilfred Elrington, visita o Brasil por ocasião da I Cúpula Brasil-Comunidade do Caribe (CARICOM). Após a passagem do furacão Tomas em Belize, o Brasil transfere US$ 145 mil para a Agência Caribenha de Manejo de Resposta de Emergência

2015 – Entrada em vigor de Acordo de Isenção de Vistos em Viagens de Turismo e Negócios de Cidadãos dos dois países

Fim do conteúdo da página