Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Barbados


As relações entre Brasil e Barbados caracterizam-se pela fluidez do diálogo político, pelo dinamismo e pelo interesse compartilhado em explorar oportunidades de cooperação técnica.

Por meio da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), o Brasil realizou, nos últimos anos, diversas iniciativas com Barbados, que tem sediado oficinas com a participação dos demais países do Caribe. Na área de saúde, por exemplo, a realização de workshops sobre bancos de leite humano, em parceria entre a ABC e a Fundação Oswaldo Cruz, tem sido fundamental para expansão dessas iniciativas no entorno caribenho.

Em 2018, o comércio bilateral totalizou US$ 13,87 milhões. As exportações brasileiras para Barbados somaram US$ 13,81 milhões, ao passo que as importações totalizaram US$ 0,06 milhões. A balança bilateral é favorável ao Brasil, com superávit de US$ 13,75 milhões.

Cronologia das Relações Bilaterais

2013 – Visita de Trabalho da ministra das Relações Exteriores de Barbados a Brasília e a São Paulo, acompanhada de autoridades do governo barbadiano e de delegação empresarial (17 de setembro)

2010 – Participação da ministra das Relações Exteriores de Barbados na I Cúpula Brasil – Comunidade do Caribe, em Brasília

2010 – Abertura da embaixada de Barbados em Brasília

2008 – O primeiro-ministro de Barbados representa o país na Cúpula da América Latina e do Caribe sobre Integração e Desenvolvimento (CALC), na Costa do Sauipe

2005 – Criação de leitorado para ensino da língua e cultura brasileiras na Universidade das Índias Ocidentais, campus de Barbados

1985 – Instalação da embaixada brasileira em Bridgetown

1976 – Abertura do vice-consulado brasileiro em Bridgetown

1971 – Estabelecimento de relações diplomáticas

Fim do conteúdo da página