Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
polonia


As relações entre Brasil e Polônia remontam à segunda metade do século XIX, quando D. Pedro II incentivou a vinda de imigrantes poloneses para a Região Sul e apoiava a independência do país, então ocupado por potências vizinhas. A mesma causa foi defendida em 1907 por Ruy Barbosa, durante a Conferência de Haia. Em 1918, o Brasil seria um dos primeiros países a reconhecer a independência da Polônia. Estabelecidas em 1920, as relações diplomáticas foram marcadas pela aproximação dos Governos durante o período entreguerras. Na Segunda Guerra Mundial, soldados brasileiros e poloneses integraram as tropas Aliadas que lutaram contra o nazi-fascismo na Europa. Enquanto vigorou o regime comunista na Polônia, os contatos permaneceram cordiais, embora não intensos.

A cooperação bilateral abrange atualmente áreas como comércio, defesa, ciência e tecnologia, cultura e educação. Desde o ingresso da Polônia na União Europeia (2004) também os assuntos que dizem respeito ao relacionamento do Brasil com o bloco passaram a fazer parte da pauta de temas em debate entre os dois países.

Visitas mútuas entre autoridades têm sido frequentes nas últimas décadas. Entre as mais recentes, destacam-se a missão ao Brasil do Ministro dos Negócios Estrangeiros da Polônia, Radoslaw Sikorski (2012) e a visita do Ministro das Relações Exteriores Luiz Alberto Figueiredo à Polônia (2013), para participar da 19ª Conferência das Partes na Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP-19) e reunir-se com o Chanceler polonês.

As relações econômicas e comerciais têm se intensificado, sobretudo após a adesão da Polônia à União Europeia. O Brasil é o principal parceiro comercial da Polônia na América Latina e o fluxo de comércio bilateral superou US$ 1 bilhão em 2012. Ao longo da última década, o grande destaque da pauta de exportações brasileiras para a Polônia foram aviões da Embraer, que representam mais de 60% da frota de aeronaves da LOT, a companhia aérea polonesa.

A cooperação em educação é vertente importante do relacionamento bilateral. Em 2013, foi assinado entre o CNPq e a Conferência de Reitores de Escolas Acadêmicas da Polônia (CRASP) acordo de participação no programa Ciência sem Fronteiras, o que permitirá que o intercâmbio acadêmico seja em áreas como engenharia e química. Em vigor desde 1998, o Acordo para Cooperação em Ciência, Tecnologia e Inovação facilita contatos entre pesquisadores de ambos os países.

Iniciativas bilaterais na área de defesa têm sido impulsionadas nos últimos anos. Um acordo de cooperação assinado em 2010 permitiu que militares brasileiros e poloneses estreitassem seus laços por meio de programa de intercâmbio de oficiais. Há adidos militares nas embaixadas em Varsóvia e Brasília desde 1999.

A Embaixada do Brasil em Varsóvia organiza diversas iniciativas envolvendo artes plásticas, cinema, literatura e música para divulgar a cultura brasileira no país.


Cronologia das relações bilaterais

1918 – Reconhecimento do Estado polonês pelo Brasil

1920 – Estabelecimento de relações diplomáticas

1921 – Abertura da Legação do Brasil em Varsóvia

1939 – Interrupção das relações diplomáticas, quando da ocupação da Polônia durante a Segunda Guerra Mundial.

1941 – Reabertura da Legação do Brasil junto ao Governo polonês no exílio, em Londres

1947 – Reinstalação da sede da Legação do Brasil em Varsóvia

1961 – Elevação da representação diplomática ao nível de Embaixada

1995 – Visita ao Brasil do Presidente Lech Walesa

1996 – Visita à Polônia do Ministro do Exército, General Zenildo Lucena

1999 – Inauguração da presença de Adido de Defesa e do Exército junto à Embaixada do Brasil em Varsóvia

2000 – Visita ao Brasil do Primeiro-Ministro da Polônia, Jerzy Buzek

2002 – Visita à Polônia do Presidente Fernando Henrique Cardoso

2002 – Visita ao Brasil do Presidente Aleksander Kwasniewski

2003 – Visita ao Brasil do Ministro dos Negócios Estrangeiros da Polônia, Wlodzimierz Cimoszewicz

2007 – e Visita ao Brasil do Presidente do Senado da Polônia, Bogdan Borusewicz

2009 – Visita ao Brasil do Ministro da Defesa da Polônia, Bogdan Klich

2010 – Visita à Polônia do Ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim

2010 – Visita à Polônia do Ministro da Defesa, Nelson Jobim

2012Visita ao Brasil do Ministro dos Negócios Estrangeiros da Polônia, Radoslaw Sikorski

2013Visita à Polônia do Ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo Machado, por ocasião da 19ª Conferência das Partes na Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP-19)

2015 - Visita do Vice-Presidente da República à Polônia – 16-17 de setembro

 
 
Fim do conteúdo da página