Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
reino unido
 
Parceria Estratégica Brasil-Reino Unido
 
O governo britânico tem singularizado o Brasil como um dos países prioritários para sua política externa. Além da importância conferida ao País nos domínios do comércio e dos investimentos, o Brasil é identificado como parceiro estratégico do Reino Unido nos mais importantes foros internacionais, em vista da convergência de valores (democracia, proteção ao meio ambiente, promoção dos direitos humanos) e da percepção da capacidade diplomática do Brasil de exercer liderança entre os países em desenvolvimento.
 
Por conseguinte, o intercâmbio de visitas de alto nível tem sido significativo. Além das visitas da Presidenta Dilma Rousseff a Londres (julho de 2012) e do Primeiro-Ministro David Cameron ao Brasil (setembro de 2012), o Vice-Primeiro-Ministro Nick Clegg esteve no Brasil duas vezes (junho de 2011 e junho de 2012, por ocasião da Rio+20) e o Vice-Presidente Michel Temer, por sua vez, visitou o Reino Unido em duas oportunidades (agosto de 2012 e junho de 2013).
 
As últimas edições do Diálogo Estratégico Brasil-Reino Unido foram realizadas em Londres, em 5 de fevereiro de 2013, durante a visita ao Reino Unido do então Ministro das Relações Exteriores Antonio de Aguiar Patriota, e em Brasília, em 19 de fevereiro de 2014, durante a visita ao Brasil do então Secretário do Exterior William Hague.
 
Relações econômico-comerciais
 
Brasil e Reino Unido mantêm relação econômico-comercial que se tem fortalecido progressivamente nos últimos anos. Em 2012, as exportações brasileiras para o Reino Unido somaram US$ 4,5 bilhões, fazendo do país o décimo-primeiro mercado de destino das nossas exportações no mundo. Entre os membros da União Europeia, o Reino Unido foi o quarto destino para os produtos brasileiros, absorvendo 9,2% do total das vendas brasileiras para esse bloco em 2012. A pauta das exportações brasileiras para o Reino Unido é diversificada. Em 2012, os produtos básicos corresponderam a 32,2% do total de embarques; os itens manufaturados, 37,2%; e os semimanufaturados, 30,1%.
 
As empresas britânicas presentes no Brasil estão entre as maiores do País em termos de faturamento. De acordo com registros do BACEN, os investimentos do Reino Unido no Brasil, em 2012, alcançaram quase US$ 2 bilhões (US$ 2,7 bilhões em 2011), sendo o 8º maior investidor no País (5º em 2011). Destacam-se como principais setores de investimentos britânicos no País os seguintes: petróleo e gás, energia, mineração e bancos múltiplos.
 
As empresas brasileiras, por sua vez, têm aumentado substancialmente sua presença no Reino Unido. Dados do BACEN mostram que o fluxo de investimento brasileiro direto para o Reino Unido, em 2011, alcançou US$ 984 milhões. Os números relativos a 2012 mostram investimentos das empresas brasileiras no Reino Unido na ordem de US$ 171 milhões.
 
"Ciência sem Fronteiras" no Reino Unido
 
As relações bilaterais têm-se beneficiado, também, pela significativa participação do Reino Unido no "Ciência sem Fronteiras", com a expectativa de que 10 mil estudantes brasileiros beneficiados pelo programa venham para o Reino Unido até 2015.
 
O Reino Unido aderiu ao programa por meio de acordo firmado em Brasília, em dezembro de 2011, pelo CNPq, pela CAPES e pela "Universities UK" (UUK). O Reino Unido é o quarto principal destino para bolsistas de todas as modalidades do "Ciência sem Fronteiras", com 5 mil bolsas concedidas até o final de 2013.
 
Olimpíadas
 
Reino Unido e Brasil, na qualidade de anfitriões dos Jogos Olímpicos de 2012 e 2016, respectivamente, assinaram, em 2010, Memorando de Entendimento sobre Cooperação para Desenvolver os Legados das Olimpíadas. O documento prevê medidas para a consolidação de redes de contatos entre empresas brasileiras e britânicas, a fim de apoiar e estimular investimentos e empreendimentos conjuntos.
 
Comunidade brasileira no Reino Unido
 
Tema que tem merecido especial atenção no âmbito das relações bilaterais é o da comunidade brasileira no Reino Unido, estimada em aproximadamente 130 mil cidadãos, a maior na Europa. O Subsecretário-Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior realizou visita a Londres, em maio de 2013, durante a qual instalou o "Conselho de Cidadãos Brasileiros no Reino Unido".
 
Cronologia das relações bilaterais

1825 – Reino Unido reconhece a independência do Brasil

1890 – Reino Unido reconhece, em 3 de dezembro, a República do Brasil

1901 – Arbitramento bilateral da fronteira com a Guiana Inglesa

1902 – Empossado chanceler, o Barão do Rio Branco defende a mudança do eixo da política externa de Londres para Washington

1919 – Elevada à categoria de Embaixada a Legação do Brasil em Londres. Reciprocamente, o Reino Unido eleva à Embaixada a Legação no Rio de Janeiro

1944 – Na Conferência de Dumbarton Oaks, britânicos e soviéticos rejeitam proposta norte-americana de assento permanente do Brasil no Conselho de Segurança da ONU

1968 – Rainha Elizabeth II realiza primeira visita oficial de membro da realeza ao Brasil

1982 – Brasil se mantém neutro na Guerra das Malvinas, embora reconheça a soberania argentina; proibiu pouso e sobrevoo de aviões britânicos

1997 – Visita de Estado do Presidente Fernando Henrique Cardoso ao Reino Unido

2001 – Primeiro-Ministro Tony Blair realiza a primeira visita oficial de Chefe de Governo britânico ao Brasil

2003 – Reino Unido anuncia apoio a um assento permanente do Brasil no Conselho de Segurança da ONU

2003 – Participação do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Cúpula Governança Progressista

2005 – Confundido com terrorista, o brasileiro Jean Charles de Menezes é assassinado em Londres pela Polícia Metropolitana

2005 – Visita do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante a Cúpula do G8, em Gleneagles

2006 – Em sua primeira visita ao exterior, a Secretária do Exterior Margareth Beckett realiza seu discurso inaugural na FGV

2006 – Visita de Estado do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Londres

2007 – Em conversa telefônica, Primeiro-Ministro Gordon Brown reitera ao Presidente Luiz Inácio Lula da Silva Lula o apoio britânico a assento permanente no Conselho de Segurança da ONU e à presença do país no "outreach" G8+5

2009 – Quarta visita do Príncipe Charles, após 1978, 1991 e 2002

2009 – Primeiro-Ministro Gordon Brown faz sua primeira visita ao Brasil

2009 – Presidente Lula visita Londres, no contexto da Cúpula do G20

2009Presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebe Prêmio Chatham House e participa de Seminário de Investimentos no Reino Unido

2011Visita ao Brasil do Vice-Primeiro-Ministro Nick Clegg, acompanhado de expressiva delegação empresarial

2012Visita ao Brasil do Secretário de Estado do Reino Unido para o Desenvolvimento Internacional, Andrew Mitchell (abril) 

2012Presidenta Dilma Rousseff visita Londres para a abertura das Olimpíadas (julho)

2012Primeiro-Ministro David Cameron visita o Brasil (setembro)

2013Viagem do Ministro Antonio de Aguiar Patriota a Londres, por ocasião da segunda reunião do Mecanismo de Diálogo Estratégico Brasil-Reino Unido (4 e 5 de fevereiro)

2014Visita do Secretário de Estado para Negócios Estrangeiros do Reino Unido, William Hague, a Manaus, Brasília e São Paulo (17 a 19 de fevereiro)

2015Viagem do Ministro Mauro Vieira a Londres, por ocasião do IV Diálogo Estratégico Brasil-Reino Unido (25 de fevereiro)

2016 – Viagem do Ministro Mauro Vieira a Londres, ocasião em que mantém Reunião com o Ministro de Estado para o Comércio e Investimento do Reino Unido, Lorde Maude, à margem da Conferência Internacional de Apoio à Síria e Região (4 de fevereiro)

2016Visita do secretário de Estado de Comércio Internacional e presidente do Conselho de Comércio do Reino Unido (7 de dezembro)

2017 – O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, visita Londres e mantém reunião de trabalho com o secretário de Estado para o Exterior do Reino Unido, Boris Johnson (25 de agosto)



 


 
 
Fim do conteúdo da página