Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

rep tcheca

O Brasil mantém relações ininterruptas com a Tchéquia desde a criação do Estado tchecoslovaco, em 1918. A instituição da Comissão Mista Bilateral (2009) – fórum para avançar temas bilaterais e propiciar diálogo político –, a assinatura de acordo na área de defesa (2010), a parceria entre Embraer e Aero Vodochody (2011) e a aproximação entre agências espaciais representam novas possibilidades para aprofundar e diversificar do relacionamento bilateral.

A agenda bilateral começou a adensar-se com o fim do regime comunista, sobretudo a partir da visita do Presidente Fernando Collor de Mello a Praga (1990). Em 1994, o Presidente eleito Fernando Henrique Cardoso visitou Praga, tendo sido recebido pelo Presidente Václav Havel e pelo então Primeiro-Ministro Václav Klaus. Na oportunidade, foi feito convite ao Chefe de Estado tcheco para visitar oficialmente o Brasil, o que viria a ocorrer em 1996. Klaus visitou o Brasil como Chefe de Governo em 1994. Em 2006, Jiri Paroubek tornou-se o segundo Primeiro-Ministro tcheco a visitar o Brasil. O diálogo bilateral recebeu novo impulso com a visita do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Praga (2008). Na presença dos Presidentes Lula e Klaus, foi assinado o novo Acordo de Cooperação Econômica e Industrial (em vigor desde 2009). O Presidente Klaus retribuiu a visita em 2009, em viagem que propiciou aproximação entre os setores empresariais dos dois países e revelou oportunidades para investimentos tchecos no Brasil.

O comércio bilateral experimentou grande expansão na última década, tendo o volume total de trocas crescido mais de seis vezes entre 2002 e 2012, segundo dados do MDIC. O fluxo de comércio é da ordem de US$ 600 milhões por ano. O Brasil é o principal parceiro comercial da Tchéquia na América Latina. Visita de delegação empresarial tcheca ao Brasil (2013) propiciou o início de tratativas para a cooperação entre as agências de investimento dos dois países.

Em 2010, o Ministro da Defesa, Nelson Jobim, esteve na República Tcheca para firmar o Acordo de Cooperação em Matéria de Defesa e visitar fábricas locais, com destaque para a Aero Vodohody, que viria a integrar o projeto da aeronave KC-390 da Embraer.

A cooperação educacional é uma vertente importante do relacionamento bilateral. Seis bolsistas brasileiros do programa "Ciência sem Fronteiras" já estudaram em instituições tchecas, que demonstram-se empenhadas em atrair mais estudantes brasileiros.

A Embaixada do Brasil em Praga também contribui para divulgar a diversidade da cultura brasileira, promovendo eventos musicais, cinematográficos, literários, teatrais, acadêmicos e de artes plásticas.

Cronologia das relações bilaterais

1918 – Brasil e Tchecoslováquia estabelecem relações diplomáticas

1920 – Tchecoslováquia instala legação diplomática no Rio de Janeiro

1921 – Brasil abre legação diplomática em Praga

1960 – Missões diplomáticas elevadas ao nível de Embaixada

1988 – Visita do Primeiro-Ministro tchecoslovaco Lubomir Strougal ao Brasil

1989 – Viagem do Ministro das Relações Exteriores Roberto Costa de Abreu Sodré a Praga

1990 – Viagem do Presidente Fernando Collor a Praga

1993 – Brasil reconhece a República Tcheca após o "divórcio de veludo"

1994 – Fernando Henrique Cardoso visita a Tchéquia na condição de Presidente eleito; Visita do Primeiro-Ministro Václav Klaus ao Brasil

1996 – Visita do Presidente Václav Havel ao Brasil

2006 – Visita do Primeiro-Ministro Jiri Paroubek ao Brasil

2008 – Viagem do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Praga

2009Visita do Presidente Václav Klaus ao Brasil

 
 
Fim do conteúdo da página