Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Federação da Rússia

russia
As relações diplomáticas entre Brasil e Rússia foram estabelecidas em 1828. O escopo do relacionamento amplia-se na década de 1980, culminando na visita do então presidente José Sarney a Moscou – a primeira de um chefe de estado brasileiro –, em 1988. Em novembro de 2004, o presidente Vladimir Putin realizou a primeira visita de um chefe de estado russo ao Brasil.

Em 1997, foi estabelecida a Comissão Brasileiro-Russa de Alto Nível de Cooperação (CAN), copresidida pelo Vice-Presidente da República e pelo Primeiro-Ministro da Rússia. O mecanismo técnico-operacional da CAN é a Comissão Intergovernamental Brasil-Rússia de Cooperação Econômica, Comercial, Científica e Tecnológica (CIC), presidida, do lado brasileiro, pelo Secretário-Geral das Relações Exteriores, e do lado russo, pelo Vice-Ministro de Desenvolvimento Econômico.

Em 2002, as relações entre os dois países foram alçadas ao patamar de parceria estratégica. Desde então, conforme evidenciado pelos frequentes encontros em nível ministerial e presidencial, observa-se um crescente adensamento do diálogo sobre os mais variados temas, seja no âmbito bilateral, ou em foros internacionais como as Nações Unidas, o BRICS e o G20. Em 2010, foi assinado o Plano de Ação da Parceria Estratégica, que define objetivos, metas e orientações para as relações bilaterais.

A participação de instituições de pesquisa brasileiras no sistema russo de navegação por satélite GLONASS atribui especial relevo à parceria bilateral em matéria aeroespacial.  O Brasil é o maior hospedeiro do sistema GLONASS fora da Rússia, com duas estações de recepção na Universidade de Brasília, uma estação na Universidade Federal de Santa Maria e outra estação no Instituto Tecnológico de Pernambuco. Em abril de 2017, foi inaugurada estação russa de monitoramento de detritos espaciais no Observatório Pico dos Dias, em Itajubá-MG, nas instalações do Laboratório Nacional de Astrofísica.

Merece igual destaque a cooperação em ciência, tecnologia e inovação, dado o crescente nível de cooperação entre instituições inovadoras do Brasil e contrapartes russas. Em dezembro de 2018, três parques tecnológicos brasileiros visitaram Moscou com o objetivo de criar caminhos para a internacionalização de “startups” brasileiras na Rússia. Essa iniciativa fez parte do Programa de Diplomacia da Inovação, do Itamaraty, que tem estimulado a criação da Rede de Parques e Incubadoras de Negócios Tecnológicos do BRICS.

A Rússia se situa entre os maiores parceiros comerciais do Brasil, com fluxos de comércio bilateral na casa de US$ 5 bilhões anuais. Em 2018, as exportações brasileiras com destino à Rússia somaram US$ 1,66 bilhão, ao passo que as importações oriundas da Rússia totalizaram US$ 3,37 bilhões. O comércio bilateral entre Brasil e Rússia é altamente concentrado em produtos relacionados ao agronegócio. Do lado brasileiro, carnes, açúcar, café, tabaco e soja são responsáveis por grande parte do comércio, enquanto a Rússia tem nos fertilizantes o principal produto de exportação para o Brasil.

Está em vigor desde 2010 acordo bilateral para a isenção de vistos de curta duração, que tem contribuído para o aumento do fluxo de turistas entre os dois países.



Cronologia das relações bilaterais

1828 – Estabelecimento de relações diplomáticas, em 3 de outubro

1876 – Visita em caráter privado do imperador Dom Pedro II a São Petersburgo

1917 – Rompimento de relações diplomáticas, em decorrência do não reconhecimento pelo Brasil do governo bolchevique

1945 – Restabelecimento de relações diplomáticas com a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, após o encerramento da II Guerra Mundial

1947 – Novo rompimento de relações diplomáticas, durante a presidência de Eurico Gaspar Dutra

1958 – Restabelecimento de relações comerciais, durante a presidência de Juscelino Kubitscheck

1961 – Restabelecimento de relações diplomáticas, durante a presidência de João Goulart

1988 – Visita do presidente José Sarney à então União Soviética

1997 – Criação da Comissão Russo-Brasileira de Alto Nível de Cooperação (CAN).

1999 – I Reunião da Comissão Intergovernamental de Cooperação Econômica, Comercial, Científica e Tecnológica (CIC), em Brasília (23 e 24 de abril)

2000 – I Reunião da CAN, em Moscou (21 a 25 de junho)

2001 – II Reunião da CIC, em Moscou (25 e 26 de setembro)

2001 – II Reunião da CAN, em Brasília (12 de dezembro)

2002 – Visita do presidente Fernando Henrique Cardoso à Rússia. Elevação das relações bilaterais ao nível de Parceria Estratégica

2004 – Visita do vice-presidente José Alencar à Rússia 

2004 – Visita do Presidente Vladimir Putin ao Brasil, a primeira de um Chefe de Estado da Federação da Rússia. Estabelecimento da "Aliança Tecnológica" entre os dois países

2004 – III Reunião da CIC, em Brasília (18 a 20 de fevereiro)

2004 – III Reunião da CAN, em Moscou (11 e 12 de outubro)

2005 – Visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Rússia (18 de outubro)

2005 – IV Reunião da CIC, em Moscou (3 e 4 de outubro)

2006 – Visita do ministro dos Negócios Estrangeiros Sergey Lavrov ao Brasil (dezembro)

2006 – IV Reunião da CAN, em Brasília (4 de abril)

2008 – I Reunião de Ministros das Relações Exteriores do BRIC, em Ecaterimburgo (maio)

2008 – Visita do presidente Dmitry Medvedev ao Brasil (25 e 26 de novembro)

2008 – Assinatura do Acordo de isenção de vistos de curta duração

2008 – V Reunião da CIC, em Brasília (17 e 18 de novembro)

2009 – Visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Rússia, por ocasião da I Cúpula do BRICs, em Ecaterimburgo (junho)

2010Visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Rússia. Assinatura do Plano de Ação da Parceria Estratégica (maio)

2010 – VI Reunião da CIC, em Brasília (7 e 8 de outubro)

2011Visita do vice-presidente Michel Temer à Rússia e realização da V Reunião da CAN (16 de maio) e da VII Reunião da CIC (17 de maio), em Moscou

2012Reunião dos Ministros de Relações Exteriores do BRICS à margem da 67ª Sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas (Nova York, 26 de setembro)

2012Visita à Rússia da Presidenta Dilma Rousseff (13 e 14 de dezembro)

2013Visita do primeiro-ministro Dmitry Medvedev ao Brasil e realização da VI CAN, em Brasília (19 a 21 de fevereiro)

2013Visita do ministro dos Negócios Estrangeiros Serguei Lavrov ao Brasil (Rio de Janeiro, 11 de junho)

2013Visita da presidente Dilma Rousseff à Rússia e participação na Cúpula do G-20, em São Petersburgo (5 de setembro)

2013 – Visita do Ministro da Defesa Serguey Shoigu ao Brasil (16 e 17 de outubro)

2013 – VIII Reunião da CIC, em Brasília (8 de novembro)

2014Visita do presidente Vladimir Putin ao Brasil e participação na VI Cúpula do BRICS, em Fortaleza (14 de julho)

2015Visita da presidente Dilma Rousseff à Rússia e participação na VII Cúpula do BRICS, em Ufá (9 de julho)

2015Viagem do vice-presidente Michel Temer à Rússia e realização da IX Reunião da CIC (14 e 15 de setembro) e da VII Reunião da CAN (16 de setembro), em Moscou

2017 – X Reunião da CIC, em Brasília (22 de maio)

2017Reunião dos Chanceleres do BRICS (Pequim, 18 e 19 de junho)

20172017 – Viagem do presidente Michel Temer à Rússia (20 e 21 de junho)

2017Reunião informal dos líderes do BRICS por ocasião da Cúpula do G20 (Hamburgo, Alemanha, 7 de julho)

2018190 anos de relações diplomáticas entre o Brasil e a Rússia (3 de outubro)

2019 – Visita do presidente da Duma de Estado, Vyacheslav Volodin, ao Brasil (Brasília, 1º de janeiro), para a posse do Presidente Jair Bolsonaro

Fim do conteúdo da página