Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

tunisia


Brasil e Tunísia estabeleceram relações diplomáticas em 1956. A Embaixada brasileira em Túnis foi aberta em 1961.

Em 2001, foi realizada a I Reunião da Comissão Mista de Cooperação Brasil-Tunísia, com o objetivo de examinar o estado das relações bilaterais. Intensificaram-se as visitas de autoridades de alto nível entre os países, destacando-se as três viagens do Ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, a Túnis (2005, 2008 e 2009) e a visita de seu homólogo tunisiano ao Brasil, em 2002. Em 2009, no contexto de viagem pelo Norte da África, o Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, esteve na Tunísia, acompanhado de numerosa delegação de empresários.

Na esteira da revolução tunisiana de 2011, o Governo brasileiro manifestou reiteradamente apoio ao processo de transição democrática no país. Por sua vez, a Tunísia passou, no período pós-revolucionário, a considerar o Brasil como parceiro privilegiado em uma estratégia de diversificação de suas parcerias externas, não apenas nos planos político e econômico-comercial, mas também na cooperação para o desenvolvimento com inclusão social.

As visitas a Túnis dos Chanceleres Antonio Patriota, em abril de 2012 e Mauro Vieira, em março de 2016, bem como o encontro presidencial bilateral à margem da III Cúpula ASPA, em outubro de 2012, são bons exemplos do dinamismo que ambos os países buscam conferir a essa nova fase de seu relacionamento.

De particular relevância, nesse contexto, são iniciativas voltadas ao relançamento da cooperação bilateral, a exemplo da reunião do Comitê de Seguimento, mantida em Túnis, em abril de 2014. A reunião constituiu oportunidade para que Brasil e Tunísia identificassem projetos e iniciativas de cooperação em áreas como comércio e investimentos, agricultura, saúde e combate à corrupção, entre outros.
 

Cronologia das relações bilaterais 

1956 – Brasil reconhece a independência da Tunísia e são estabelecidas relações diplomáticas

1961 – Instalação da Embaixada do Brasil em Túnis

1999 – Desativação temporária da Embaixada em Túnis por motivos orçamentários

2001 – Reabertura da Embaixada do Brasil em Túnis

2001 – Visita à Tunísia do Secretário-Geral das Relações Exteriores

2002 – Visita ao Brasil do Ministro dos Negócios Estrangeiros da Tunísia, Habib Bem Yahia

2005 – Visita de trabalho à Tunísia do Ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim

2006 – Reunião da Comissão Mista Brasil-Tunísia em Brasília

2008 – Visita à Tunísia do Ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim

2009 – Visita à Tunísia do Ministro das Relações Exteriores Celso Amorim

2011 – Visita à Tunísia do Subsecretário-Geral Político III, Embaixador Paulo Cordeiro de Andrade Pinto, na sequência da Revolução Tunisiana

2012 – Visita de missão técnica brasileira à Tunísia, entre 30 de janeiro e 3 de fevereiro

2012Visita à Tunísia do Ministro das Relações Exteriores, Antonio de Aguiar Patriota (abril)

2012 – Realização em Túnis do Simpósio Internacional "Políticas Públicas para a Inclusão Social", organizado conjuntamente pelo Governo brasileiro, pela FAO e pelo Governo tunisiano

2012 – Encontro entre a Presidenta Dilma Rousseff e o Presidente Moncef Marzouki, à margem da III Cúpula América do Sul–Países Árabes (ASPA), em Lima

2014 – Realização de reunião do Comitê de Seguimento, em Túnis, na qual os parceiros passaram em revista as relações bilaterais

2016 – Visita do Ministro Mauro Vieira a Túnis e é recebido pelo Presidente Beji Çaïd Essebsi e pelo Primeiro-Ministro Habib Essid. (11 de março)

2017 - Visita ao Brasil do Ministro dos Negócios Estrangeiros da República da Tunísia, Khemaïes Jhinaoui (abril)

 
 
Fim do conteúdo da página