Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

ucrania


O Brasil reconheceu a independência da Ucrânia em dezembro de 1991 e as relações diplomáticas foram estabelecidas em 11 de fevereiro de 1992. A Embaixada da Ucrânia em Brasília foi aberta em 1993 e, dois anos depois, foi inaugurada a Embaixada do Brasil em Kiev.

Em reconhecimento à importância e ao potencial desse relacionamento, os Governos de ambos os países decidiram elevar o relacionamento ao nível de Parceria Estratégica durante a visita de Estado do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Kiev (2009). Essa visita foi retribuída dois anos depois, quando o Presidente Viktor Yanukovych, esteve no Brasil (2011). Acompanhado por extensa comitiva, visitou São Paulo e Brasília, onde foi recebido pela Presidenta Dilma Rousseff. Em julho de 2013, o Chanceler Antonio de Aguiar Patriota realizou visita de trabalho a Kiev.

A cooperação espacial é o principal projeto da parceria estratégica está fundamentada sobretudo no Tratado sobre Cooperação de Longo Prazo na Utilização do Veículo de Lançamentos Cyclone-4 (2003), cujo objetivo é definir as condições de cooperação de longo prazo para o desenvolvimento do Sítio de Lançamento do Cyclone-4 no Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), e para a prestação de serviços de lançamentos para os programas espaciais de ambos os países, assim como para clientes comerciais. O projeto de instalação do Sítio de Lançamento do Cyclone-4 em Alcântara possibilitará ao Brasil ingressar no lucrativo mercado internacional de lançamentos de satélites, no qual o país possui, por sua situação geográfica, importantes vantagens comparativas.

Brasil e Ucrânia mantêm importante parceria na área de saúde, por meio da qual o país passará a produzir insulina recombinante NPH com transferência de tecnologia do laboratório ucraniano INDAR.

No âmbito da cooperação educacional, foi assinado acordo entre o Centro Estatal de Educação Internacional ucraniano e o CNPq, que permite a participação ucraniana no programa Ciência sem Fronteiras. Espera-se, além disso, participação ativa da Ucrânia no âmbito de formação de quadros brasileiros para o desenvolvimento de atividades espaciais brasileiras.

Em 2012, o comércio bilateral alcançou a marca de US$ 1,012 bilhão.


Cronologia das relações bilaterais

1991 – Brasil reconhece a independência da Ucrânia

1992 – Estabelecimento de relações diplomáticas

1993 – Abertura de Embaixada residente da Ucrânia em Brasília

1995 – Abertura de Embaixada residente do Brasil em Kiev

1995 – Visita do Presidente Leonid Kutchma ao Brasil, quando foram assinados vários acordos, dentre os quais o Acordo de Cooperação Econômico-Comercial, que dispôs sobre a formação da Comissão Intergovernamental Brasil-Ucrânia de Cooperação (CIC)

1996 – Visita ao Brasil do Chanceler Guenadi Udovenko

1999 – Visita ao Brasil do Chanceler Boris Tarassiuk

2001 – Primeira reunião da Comissão Intergovernamental Brasil-Ucrânia de Cooperação (CIC)

2002 – Visita à Ucrânia do Presidente Fernando Henrique Cardoso

2003 – Visita ao Brasil do Presidente Leonid Kutchma, em outubro. Na ocasião, foram assinados o Tratado sobre Cooperação de Longo Prazo na utilização do veículo de lançamento Cyclone-4 no Centro de Lançamentos de Alcântara (CLA), o Memorando de Entendimento sobre Futuros Projetos Bilaterais na Área Espacial, o Protocolo de Intenções sobre Cooperação no Campo da Defesa e o Tratado sobre Extradição

2004 – Encontro em Kiev do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva com o Presidente Leonid Kutchma e todo o Gabinete, em maio; segundo encontro da CIC

2005 – Visita ao Brasil do Chanceler Boris Tarasyuk

2005 – Visita a Kiev de Delegação da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara dos Deputados, chefiada pelo Deputado Aroldo Cedraz (outubro)

2009Visita à Ucrânia do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva (dezembro)

2010 – Visita à Ucrânia do Ministro da Defesa, Nelson Jobim

2011Visita ao Brasil do Presidente Viktor Yanukovych (outubro)

2011 – Visita à Ucrânia do Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante

2011 – Visita ao Brasil do Ministro da Defesa, Mykhailo Yezhel

2012Visita ao Brasil do Ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Kostyantyn Gryshchenko (Brasília, 20 de janeiro)

2013Visita à Ucrânia do Ministro das Relações Exteriores, Antonio de Aguiar Patriota (3 de julho)

2013Realização da VI Reunião da Comissão Intergovernamental de Cooperação Econômica e Comercial Brasil-Ucrânia, em Brasília, com a presença do Ministro do Desenvolvimento Econômico e Comércio da Ucrânia, Igor Prassolov (8 de novembro)

 
 
Fim do conteúdo da página