Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

uzbequistao


Brasil e Uzbequistão estabeleceram relações diplomáticas em 1993. No final dos anos 2000, houve intensificação do contato entre autoridades de alto nível brasileiras e uzbeques – em especial, a visita ao Brasil do Presidente Islam Karimov (2009).

O Uzbequistão tem demonstrado firme interesse no aprofundamento das relações com o Brasil. O país tem interesse na experiência brasileira em tecnologias de biocombustíveis e de reaproveitamento de resíduos do algodão, do qual é grande produtor. Os dois países compartilham o interesse em promover a cooperação nas áreas de agricultura, energia, recursos minerais, turismo e esportes.

No âmbito da cooperação cultural, destaca-se acordo que entrou em vigor em 2011 permitiu que o Museu de Arte da Cidade de Nukuz, o "Savitsky", considerasse trazer parte de sua coleção para exposição no Brasil. O museu possui a segunda maior coleção de arte moderna russa – apenas atrás do Museu Hermitage, de São Petersburgo (Rússia).

O intercâmbio comercial entre Brasil e Uzbequistão tem potencial para crescimento. O fluxo de comércio totalizou, em 2012, o maior valor desde o ano 2000, alcançando US$ 22,8 milhões.

O Uzbequistão apoia o pleito brasileiro por assento permanente em um Conselho de Segurança da ONU reformado.


Cronologia das relações bilaterais

1993 – Estabelecimento de relações diplomáticas entre Brasil e Uzbequistão

2008 – Visita ao Brasil do Ministro de Relações Econômicas Exteriores, Investimentos e Comércio, Elyor Ganiev

2009 – Visita ao Brasil do Presidente Islam Karimov

 
 
Fim do conteúdo da página