Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

macedonia
O Brasil reconheceu a independência da Macedônia em 1995 e as relações diplomáticas foram estabelecidas em 1998. Autoridades macedônias têm demonstrado a intenção do país de estreitar suas relações com a América Latina, particularmente com o Brasil. Para o Brasil, o relacionamento com a Macedônia se insere na política de intensificação dos contatos com os países dos Bálcãs.

Em 2013, ocorreu a inédita visita ao Brasil de um primeiro-ministro macedônio. Nikola Gruevski encontrou-se na ocasião com autoridades políticas e econômicas dos Estados de São Paulo e do Paraná. Foi assinado acordo de cooperação educacional. Em 2016, iniciou suas atividades a Embaixada da Macedônia em Brasília, a primeira embaixada do país residente na América Latina.

No campo político, a Macedônia manifestou apoio à reforma do Conselho de Segurança da ONU proposta pelo Brasil e à candidatura do embaixador Roberto Azevêdo ao cargo de diretor-geral da OMC. O Brasil apoiou a eleição da Macedônia para o Conselho de Direitos Humanos da ONU.

Brasil e Macedônia assinaram, em 2011, acordo de isenção de vistos, o que permitirá o aumento nos fluxos entre ambos os países, especialmente turistas macedônios no Brasil. O comércio entre Brasil e Macedônia é reduzido, totalizando aproximadamente US$ 27 milhões em 2015.

Cronologia das relações bilaterais

1995 – Brasil reconhece a independência da Macedônia

1998 – Estabelecimento de relações diplomáticas

2011Visita ao Brasil do Ministro de Negócios Estrangeiros da Macedônia, Antonio Milososki (2 e 3 de maio)

2013Visita ao Brasil do Primeiro-Ministro da Macedônia, Nikola Gruevski (21 a 25 de abril)

2016 – O embaixador Ivica Bocevski, o primeiro embaixador residente da Macedônia na América Latina, apresenta cartas credenciais ao presidente Michel Temer (23 de junho)

2017Visita oficial ao Brasil do presidente da Macedônia, Gjorge Ivanov (11 a 15 de dezembro)

 
 
Fim do conteúdo da página