Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

luxemburgo

As relações diplomáticas entre Brasil e Luxemburgo foram estabelecidas em 1911. Apesar de possuir território e população pouco expressivos, a parceria com Luxemburgo é significativa para o Brasil – tanto por seu papel de relevo na articulação de posições no âmbito da União Europeia como pela presença de importante comunidade lusófona (cerca de 16% da população luxemburguesa é de origem portuguesa). 

No plano multilateral, Brasil e Luxemburgo mantêm posições próximas em temas como direitos humanos, autodeterminação dos povos, não-intervenção, soluções pacífica de conflitos, cooperação e respeito às decisões adotadas em foros internacionais. Os dois países cooperam em iniciativas voltadas à erradicação do terrorismo e do tráfico de drogas, ao combate à proliferação nuclear, à ampliação e liberalização do comércio internacional e à redução do protecionismo.

Luxemburgo mostra-se em, em várias oportunidades, apoiado candidaturas brasileiras em organismos internacionais.

O Grão-Duque Henri realizou visita ao Brasil em 2007 e em 2012 – nesta data, por ocasião da Rio+20. Como membro do Comitê Olímpico Internacional, participou da eleição que escolheu o Rio de Janeiro para sediar as Olimpíadas de 2016.

Embora modesto, o comércio bilateral tem experimentado rápido crescimento. A corrente de comércio alcançou US$ 123 milhões em 2012, sendo US$ 73 milhões em exportações brasileiras. Luxemburgo também representa porta de entrada para produtos brasileiros em outros mercados europeus.

O estoque de investimentos luxemburgueses no Brasil soma mais de US$ 13,73 bilhões (13º maior investidor estrangeiro), com destaque para o setor siderúrgico. A facilidade de contatos com o mercado luxemburguês representa importante vantagem para empresas brasileiras, que podem, no Grão Ducado, beneficiar-se do acesso a centros decisórios de peso.

 

Cronologia das relações bilaterais

1830/1860 – Imigração de pequeno número de colonos luxemburgueses para o Brasil

1911 – Estabelecimento de relações diplomáticas

1965 – Visita ao Brasil do Grão-Duque Juan de Luxemburgo

2007 – Visita ao Brasil do Grão-Duque Henri de Luxemburgo

2012 – Visita ao Brasil do Grão-Duque Henri, para a Conferência Rio+20

2013 – Visita ao Brasil do Chanceler Jean Asselborn

2014 – Visita ao Brasil do Príncipe Herdeiro Guillaume de Luxemburgo (novembro)

2016 – Visita do Ministro dos Negócios Estrangeiros e Europeus de Luxemburgo ao Rio de Janeiro e a Brasília, ocasião em que mantém reunião de trabalho com o Ministro Mauro Vieira (21 e 22 de março)

 
 
 
Fim do conteúdo da página