Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
libia 3
 
O Brasil instalou Embaixada em Trípoli em 1974. Ao longo da década de 1970, o relacionamento concentrou-se na área econômico-comercial. Com o gradual isolamento internacional da Líbia nos anos 1980 e 1990, as relações bilaterais perderam intensidade. A reaproximação teve início nos anos 2000, com o fim das sanções determinadas pela ONU. Em 2003, a visita do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Líbia foi a primeira de um Chefe de Estado brasileiro ao país.
 
O conflito líbio iniciado em 2011 afetou novamente as relações bilaterais. A visita à Líbia do Subsecretário-Geral Político III do Ministério das Relações Exteriores, ainda em 2011, deu início a novo processo de reaproximação. Em 2012, o Vice-Primeiro-Ministro líbio, Omar Abdelkarim, visitou o Brasil. A Embaixada brasileira em Trípoli foi reaberta em junho de 2012.
 
A Líbia é um dos principais destinos de investimentos brasileiros no continente africano. Há interesse líbio em cooperação com o Brasil na área de investimentos, em intercâmbio de experiências para a transição democrática, capacitação de agentes públicos e de segurança.
 
 
Cronologia das relações bilaterais
 
1974 – Abertura da Embaixada do Brasil em Trípoli
 
1987 – I Comissão Mista Brasil–Líbia
 
1992 – Sanções à Líbia impostas pelo Conselho de Segurança da ONU entram em vigor no Brasil. O Brasil retira seu Embaixador em Trípoli, mantendo apenas Encarregado de Negócios
 
2000 – Brasil volta a designar Embaixador em Trípoli
 
2001 – Visita ao Brasil do General Musta Kharubi, Enviado Especial do Coronel Muammar Kadhafi
 
2001 – O Senador Ney Suassuna (PMDB/PB) visita a Líbia e entrega carta do Presidente Fernando Henrique Cardoso ao Coronel Kadhafi
 
2002 – Visita ao Brasil do Ministro da Economia da Líbia, Shukri Ghanem
 
2003 – Visita à Líbia do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva
 
2004 – Visita à Líbia do Ministro-Chefe do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, Jacques Wagner
 
2006 – Presidente Luiz Inácio Lula da Silva mantém encontro com Muammar Kadhafi à margem da Cúpula África – América do Sul
 
2007 – Marco Aurélio Garcia, Assessor Especial da Presidência da República, realiza visita a Trípoli e é recebido pelo Coronel Kadhafi, a quem fez entrega de Mensagem Presidencial (setembro)
 
2008 – Visita à Líbia do Diretor-Executivo da Petrobras, José Sérgio Gabrielli (março)
 
2008 – Visita à Líbia do Chanceler Celso Amorim (maio)
 
2009 – Visita à Líbia do Ministro do Desenvolvimento Indústria e Comércio, Miguel Jorge (janeiro)
 
2009 – Visita ao Brasil do Vice-Primeiro-Ministro líbio, Imbarek Ashamikh (fevereiro)
 
2009 – Encontro do Chanceler Celso Amorim com o seu homólogo líbio, Moussa Koussa, à margem da II Cúpula América do Sul – Países Árabes (março)
 
2009 – Visita à Líbia do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por ocasião da XIII Cúpula da União Africana
 
2010 – Visita à Líbia do Chanceler Celso Amorim (julho)
 
2011 – Voto favorável do Brasil ao credenciamento do Conselho Nacional de Transição como representante da Líbia para a 66ª Sessão Ordinária da Assembleia Geral da ONU, o que significou, na prática, o reconhecimento formal, pelo Brasil, daquela entidade como legítima representante do povo líbio
 
2011 – Visita à Líbia do Subsecretário-Geral de Assuntos Políticos III, Embaixador Paulo Cordeiro de Andrade Pinto (outubro)
 
2012 – Visita ao Brasil do Vice-Primeiro-Ministro líbio, Omar Abdelkarim, por ocasião da Reunião do "Open Government Partnership" (abril)
 
2012 – Reabertura da Embaixada brasileira em Trípoli (junho)
 
2013 – Visita do Ministro do Petróleo líbio, Abdullbari Al-Arousi (fevereiro)
 
2013 – Visita do Vice-Primeiro Ministro da Líbia, Abdussalam (abril)
 
 
 
Fim do conteúdo da página