Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
letonia
 

Os vínculos entre os povos brasileiro e letão precedem o estabelecimento das relações diplomáticas. A colonização letã no Brasil teve início em 1890 e intensificou-se no início do século XX. Estima-se que mais de três mil letões tenham emigrado para o Brasil, estabelecendo-se principalmente em Santa Catarina, no Rio Grande do Sul e em São Paulo. A população brasileira de origem letã alcança cerca de 20 mil habitantes – o que constitui a maior comunidade letã na América do Sul e uma das maiores do mundo.

O Brasil reconheceu a independência da Letônia pela primeira vez em 1921, tendo voltado a fazê-lo em 1991, após a dissolução da URSS. Os dois países estabeleceram relações diplomáticas em 1992.

As visitas oficiais ao Brasil da Presidenta Vaira Vike-Freiberga (2007) e do Primeiro-Ministro Valdis Dombrovskis (2011) representaram marcos do relacionamento bilateral. Em 2012, o Chanceler Edgars Rinkevics esteve no Brasil para a reunião de alto nível da Parceria para Governo Aberto.

Em 2010, o Ministro da Secretaria de Portos, Pedro Brito, visitou o Porto de Riga. A Letônia tem como objetivo ser um centro logístico de distribuição para os mercados da Rússia e Ásia Central. Tratou-se da primeira visita de uma autoridade brasileira de alto nível à Letônia.

 

Cronologia das relações bilaterais

1890 – Início da colonização letã no Brasil

1921 – Reconhecimento pelo Brasil da independência da Letônia

1991 – Brasil volta a reconhecer a independência da Letônia, após a dissolução da URSS

1992 – Estabelecimento de relações diplomáticas entre Brasil e Letônia

2007 – Visita ao Brasil da Presidente Vaira Vike-Freiberga

2010 – Visita a Riga do Ministro da Secretaria de Portos, Pedro Brito

2010 – Visita ao Brasil do Vice-Chanceler Andris Teikmanis

2011Visita ao Brasil do Primeiro-Ministro Valdis Dombrovskis

2012 – Visita ao Brasil do Ministro de Negócios Estrangeiros, Edgars Rinkevics

2012 – Entrada em vigor de novo acordo de isenção de vistos para turismo e negócios entre o Brasil e União Europeia, com a extensão do benefício da isenção a novos membros da União (Letônia, Estônia, Malta e Chipre)

 
 
Fim do conteúdo da página