Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Japão

japao

As relações diplomáticas entre o Brasil e o Japão foram estabelecidas em 1895, com a assinatura do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação, que permitiu a abertura recíproca de representações diplomáticas em 1897 e abriu caminho para o início da imigração japonesa, em 1908.

O Japão é um dos principais parceiros do Brasil na Ásia. Desde 2014, os dois países mantêm Parceria Estratégica e Global, marcada pelos tradicionais laços humanos, pelo interesse do Brasil em aprofundar a cooperação em CT&I, pela importância dos fluxos bilaterais de comércio e investimentos e pela coordenação em temas internacionais.

A comunidade brasileira no Japão é a terceira maior no exterior, com cerca de 200 mil pessoas. A comunidade nipodescendente ("nikkei") no Brasil é de cerca de 2 milhões de pessoas – a maior população de origem nipônica fora do Japão. Esse vínculo humano é um dos principais patrimônios das relações Brasil-Japão e fomenta o diálogo e a cooperação entre os dois países.

No campo da cooperação técnica, a relação bilateral constitui, há mais de cinquenta anos, referência nos processos de desenvolvimento nacional. O relacionamento bilateral foi, nas últimas décadas, de especial relevância em pelo menos dois aspectos econômicos: o fortalecimento do complexo minerador de ferro no Brasil, a partir dos anos 1950, e a evolução tecnológica que contribuiu para o desenvolvimento da agricultura tropical no Cerrado, em particular da soja, a partir da década de 1970 (com o Programa de Cooperação Nipo-Brasileira para o Desenvolvimento dos Cerrados – PRODECER).

A cooperação em ciência, tecnologia e inovação é ponto prioritário da agenda bilateral. Dentre as áreas mais promissoras, destacam-se tecnologias da informação e das comunicações, nanotecnologia, tecnologia aeroespacial, robótica e novos materiais. O Brasil e o Japão participam, ainda, em conjunto de projetos de cooperação com terceiros países, a exemplo da implementação do sistema nipo-brasileiro de TV digital em quase toda a América do Sul (e em países da América Central, África e Ásia) e do projeto Pró-Savana, em Moçambique.

Em 2018, o Japão, terceira maior economia do mundo, manteve-se como o sexto maior investidor direto no Brasil, com estoque de cerca de US$ 20 bilhões e fluxo de US$ 1,12 bilhão. Há interesse mútuo de ampliar os investimentos japoneses em infraestrutura no Brasil. Nesse sentido, os dois países firmaram, em outubro de 2016, Memorando de Cooperação para a Promoção de Investimentos e Cooperação Econômica no Setor de Infraestrutura.

No âmbito comercial, o Japão figurou, em 2018, como o terceiro principal parceiro do Brasil na Ásia e o nono no mundo. Naquele ano, o intercâmbio bilateral foi de mais de US$ 8,6 bilhões (US$ 4,33 bilhões de exportações de produtos brasileiros ao Japão e US$ 4,35 bilhões de importações de produtos japoneses pelo Brasil). As exportações brasileiras para o Japão compõem-se, na maior parte, de produtos básicos (minério de ferro, alumínio, café, carnes e soja em grãos), e as importações procedentes do Japão correspondem, em sua quase totalidade, a produtos manufaturados (máquinas, automóveis, eletrônicos, instrumentos de precisão e produtos químicos).


Cronologia das relações bilaterais

1895 - Assinatura do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação

1897 - Abertura das respectivas representações diplomáticas

1908 - Início da imigração japonesa no Brasil (chegada do navio Kasato Maru)

1928 - Início da imigração japonesa na Amazônia

1942 - Rompimento de relações diplomáticas

1952 - Restabelecimento das relações diplomáticas

1958 - Visita do príncipe e da princesa Mikasa ao Brasil (50 anos da imigração japonesa).

1959 - Visita do primeiro-ministro Nobosuke Kishi ao Brasil.

1967 - Visita do Príncipe Herdeiro Akihito e da Princesa Michiko ao Brasil

1974 - Visita do primeiro-ministro Kakuei Tanaka ao Brasil

1976 - Visita do presidente Ernesto Geisel ao Japão

1978 - Visita do Príncipe Herdeiro Akihito e da Princesa Michiko ao Brasil (70 anos da imigração japonesa)

1978 - Lançamento do Programa de Cooperação Nipo-Brasileira para o Desenvolvimento dos Cerrados (PRODECER)

1982 - Visitas do primeiro-ministro Zenko Suzuki e do príncipe Naruhito ao Brasil

1984 - Visita do presidente João Baptista Figueiredo ao Japão

1988 - Visita do Príncipe Fumihito ao Brasil (80 anos da imigração japonesa)

Década de 1990 - Início da emigração de brasileiros para o Japão

1994 - Visita do ministro dos negócios estrangeiros Yohei Kono ao Brasil

1995 - Visitas do vice-presidente Marco Maciel ao Japão e da princesa Nori ao Brasil, no contexto do Centenário do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação de 1895

1996 - Visitas do presidente Fernando Henrique Cardoso ao Japão e do primeiro-ministro Ryutaro Hashimoto ao Brasil.

1997 - Visita do Imperador Akihito e da Imperatriz Michiko ao Brasil

1998 - Visitas do chanceler Keizo Obuchi ao Brasil e do chanceler Luiz Felipe Lampreia ao Japão.

2002 - Visita do chanceler Celso Lafer ao Japão

2004 - Visitas do chanceler Celso Amorim ao Japão e do primeiro-ministro Junichiro Koizumi ao Brasil e estabelecimento do Mecanismo de Consultas Políticas Brasil-Japão.

2005 - Visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Japão (maio) e assinatura do Programa Conjunto de Revitalização das Relações Econômicas.

2006 - Adoção do padrão de televisão digital com base no sistema japonês ISDB-T. No mesmo ano, o número de brasileiros residentes no Japão ultrapassa 300 mil.

2008 – Visitas do Príncipe Herdeiro Naruhito e do ministro de Economia, Comércio e Indústria, Akira Amari, ao Brasil, no contexto do Ano do Intercâmbio Brasil-Japão (Centenário da imigração japonesa no Brasil)

2009 - I Reunião do Comitê Conjunto de Promoção Comercial e de Investimentos Brasil-Japão (fevereiro)

2011 - Estabelecimento do “Movimento Brasil Solidário” em favor das vítimas do terremoto e tsunami de Sendai, coordenado pela Embaixada em Tóquio (26 de março)

2011 Visita do chanceler Antonio Patriota ao Japão (16 de abril)

2011 Visita do ministro de negócios estrangeiros Takeaki Matsumoto ao Brasil (30 de junho)

2012 - Visita do ministro dos negócios estrangeiros Koichiro Gemba, que chefiou a delegação japonesa para a Conferência Rio+20 (20 e 21 de junho)

2014 - Visita ao Brasil da Princesa Takamado, durante a Copa do Mundo (19 e 20 de junho)

2014 - Visita do primeiro-ministro Shinzo Abe ao Brasil – quando as relações bilaterais foram elevadas ao nível de Parceria Estratégica e Global. Estabelecimento de diálogo entre chanceleres (31 de julho a 2 de agosto) [Comunicado conjunto] [Atos adotados] [Declaração à imprensa]

2015Visita do chanceler Mauro Vieira ao Japão (28 e 29 de julho)

2015 - Visita ao Brasil do Príncipe e da Princesa Akishino ao Brasil, como parte das comemorações dos 120 anos do estabelecimento das relações diplomáticas (28 de outubro a 8 de novembro)

2016 - Visita do primeiro-ministro Shinzo Abe ao Brasil, por ocasião da cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016 (21 de agosto)

2016 - Visita do presidente Michel Temer ao Japão (18 e 19 de outubro) [Ato assinado]

2017 - Visita do Imperador Akihito e da Imperatriz Michiko à Embaixada do Brasil em Tóquio (4 de novembro)

2018 - Visita do Príncipe Herdeiro Naruhito, para participar do 8º Fórum Mundial da Água (18 a 20 de março)

2018Visita do chanceler Aloysio Nunes ao Japão (14 de maio)

2018 - Visitas do ministro dos negócios estrangeiros Taro Kono ao Brasil (19 e 20 de maio) e da Princesa Mako ao Brasil (18 a 28 de julho), no contexto das celebrações dos 110 Anos da Imigração Japonesa.

2018 - Visita da Princesa Mako ao Brasil (18 a 28 de julho)

2019 - Encontro entre o Presidente Jair Bolsonaro e o Primeiro-Ministro Shinzo Abe à margem do Fórum Econômico Mundial de Davos

2019Consultas políticas Brasil-Japão (21 de fevereiro)

Fim do conteúdo da página