Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
guine-equatorial
 
Brasil e Guiné-Equatorial estabeleceram relações diplomáticas em 1974. A Embaixada do Brasil em Malabo foi inaugurada em 2006.
 
Nos últimos anos, a realização de visitas de autoridades de alto nível tem contribuído para impulsionar as relações. Em 2009 entrou em vigor o Acordo Básico de Cooperação entre os dois países. A Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e o Governo guinéu-equatoriano estão examinando a possibilidade de implementar projetos de cooperação nas áreas de agricultura familiar e esporte.
 
Diversas empresas brasileiras atuam na Guiné Equatorial, notadamente no ramo da construção civil. O comércio bilateral tem registrado montantes significativos, em especial em virtude da importação de petróleo pelo Brasil.
 
Cronologia das relações bilaterais
 
1974 – Brasil e Guiné-Equatorial estabelecem relações diplomáticas
 
1994 – Visita do Chefe do Estado Maior das Forças Armadas da Guiné Equatorial ao Brasil
 
2002 – Visita do Ministro das Minas e Energia da Guiné Equatorial para participar do Congresso Mundial de Petróleo
 
2004 – Encontro entre o Presidente Obiang e o Presidente Lula na V Reunião dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)
 
2005 – Visita ao Brasil do Ministro de Negócios Estrangeiros Pastor Michá Ondo Bilé. Abertura da Embaixada guinéu-equatoriana residente em Brasília (agosto)
 
2006 – Brasil estabelece Embaixada residente em Malabo (primeiro semestre); visita do Presidente Obiang no contexto multilateral de realização da II Conferência de Intelectuais Africanos e da Diáspora, em Salvador (julho)
 
2007 – Presidente Obiang anuncia que adotaria o português como terceira língua oficial, de modo a satisfazer pré-requisitos para ingressar na Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP)

2008 – Presidente Obiang visita o Brasil e encontra-se com o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva (fevereiro)
 
2009 – Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, visita Malabo e Bata (junho); o Ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, visita Malabo e Bata (outubro)
 
 
 
2012 – Visita ao Brasil do presidente Obiang para participar da Rio+20 (junho)
 
 
 
 
Fim do conteúdo da página