Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

República da Guiné Equatorial

guine-equatorial
Brasil e Guiné Equatorial estabeleceram relações diplomáticas em 26 de maio de 1974. A Embaixada da Guiné Equatorial em Brasília foi inaugurada em 2005 e a embaixada do Brasil em Malabo, em 2006. Nos últimos anos, a realização de visitas de autoridades de alto nível e a entrada da Guiné Equatorial na Comunidade de Países de Língua Portuguesa (2014) contribuíram para impulsionar as relações bilaterais.

Em 2009, entrou em vigor o Acordo Básico de Cooperação entre os dois países. A Agência Brasileira de Cooperação (ABC), em parceria com o Corpo de Bombeiros do Estado do Paraná, e o Governo equato-guineense executam projeto de cooperação técnica visando ao fortalecimento institucional e operacional do sistema nacional de proteção civil da Guiné Equatorial. No marco do Acordo para Cooperação Educacional, que entrou em vigor em 2017, estudantes equato-guineenses começaram a participar, em 2019, dos programas de Estudantes Convênio de Graduação (PEC-G).

Desde o ingresso na CPLP, a Guiné Equatorial tem envidados esforços para promover a difusão e o ensino da língua portuguesa, que se tornou um dos três idiomas oficiais do país (ao lado do espanhol e do francês) em 2010.

Cronologia das relações bilaterais

1974 – Brasil e Guiné-Equatorial estabelecem relações diplomáticas em 26 de maio

1994 – Visita do Chefe do Estado Maior das Forças Armadas da Guiné Equatorial ao Brasil

2002 – Visita ao Brasil do Ministro das Minas e Energia para participar do Congresso Mundial de Petróleo

2004 – Encontro entre o Presidente Teodoro Obiang Nguema Mbasogo e o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva à margem da V Cúpula de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

2005 – Visita ao Brasil do Ministro de Negócios Estrangeiros, Pastor Micha Ondo Bilé; Assinatura de Acordo Básico de Cooperação Técnica; abertura da Embaixada da Guiné Equatorial  em Brasília (agosto)

2006 – Brasil inaugura Embaixada residente em Malabo (primeiro semestre); visita ao Brasil do Presidente Teodoro Obiang Nguema Mbasogo no contexto da II Conferência de Intelectuais Africanos e da Diáspora, em Salvador (julho)

2007 – Presidente Teodoro Obiang Nguema Mbasogo anuncia que adotaria o português como terceira língua oficial, de modo a satisfazer os pré-requisito para ingressar na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)

2008 – Visita ao Brasil do Presidente Teodoro Obiang Nguema Mbasogo (fevereiro)

2009 – Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, visita Malabo e Bata (junho); o Ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, visita Malabo e Bata (outubro); assinatura de Acordo para Cooperação Educacional (outubro)

2010Visita à Guiné Equatorial do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do Ministro das Relações Exteriores Celso Amorim (5 de julho)

2011Visita à Guiné Equatorial do Ministro das Relações Exteriores, Antonio de Aguiar Patriota, para participar da Reunião Ministerial América do Sul–África (ASA) (24 e 25 de novembro) [Comunicado conjunto]

2012 – Visita ao Brasil do Presidente Teodoro Obiang Nguema Mbasogo para participar da Conferência Rio+20 (junho)

2013Visita ao Brasil do Ministro de Negócios Estrangeiros, Agapito Mba Mokuy (23 e 24 de janeiro)

2013 – Visita da Presidenta Dilma Rousseff a Malabo para participar da III Cúpula América do Sul–África – ASA (22 de fevereiro) [Discurso]

2016 – Visita ao Brasil do Presidente Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, por ocasião da IX Cúpula de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa – CPLP (outubro/novembro)

2018 – Visita ao Brasil do Vice-Presidente Teodoro Nguema Obiang Mangue, por ocasião do 8º Fórum Mundial da Água (março)

2018 – Visita ao Brasil do ministro dos Assuntos Exteriores e Cooperação da República da Guiné Equatorial, Simeón Oyono Esono Angue (14 e 15 de junho)

Fim do conteúdo da página